Bom, amanhã, teremos um debate, aqui em BsB, sobre estes lances e  tendo, exatamente, Omar como palestrante.
Precisamos de fazer debates já com finalidades mais pragmáica diante da realidade brasileiras, pensando em tirar estratos de o que fazer mesmo.Se não, não sairemos jamais  deste ramerrão.
Precisamos, ao concreto, encarar a ADIN
É isto ai que só.
Abs,
Ada

On 9/18/06, Pedro A D Rezende <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
Pablo Sánchez escreveu:
> Não se trata disso. Trata-se de buscar algo de acordo com a legislação
> brasileira. Lê o artigo que passei e você vai lembrar de várias coisas
> como a questão de ser contra a lei, em uma relação de consumo, não haver
> garantia. Mas é o uso de SL uma relação de consumo? Se juridicamente
> ficasse comprovado como positivo, a GPL e o exemplo de licença do Oliva
> seriam incompatíveis já nesse ponto. Então Software Comercial não
> poderia usar GPL.

Na minha opinião, software que vc chama de comercial poderia em
principio usar a GPLv2, mas talvez não a GPLv3.

Sobre esse ponto concentrei minha participação no painel software
patents and DRM na 2a. conferencia internacional sobre GPLv3, registrada
em
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/CoberturaWiki/Post20060713171623?t=2006-07-20T22:06:07Z


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a