Oi Ada,

Ada Lemos wrote:

Nada fácil, mas bem posssível e estimulante na montagem de estratégias, movimentos táticos, etc, mormente instigante em termos de concretizações

Tens toda a razão de que é uma batalha motivante, pois envolve valores profundos que temos que ter bem arraigados. Mas também muitas vezes dói... dói pelas derrotas ocasionais, dói por às vezes não encontrar eco em quem pode (e/ou deve) ajudar...

Gostaria de conhecer o tal prof, estou com ele, desde sempre, e não abro.

Ada, o professor citado não milita no mundo do software livre (e nem do software proprietário). Foi, como disse, em uma conversa em que ele queria compreender "o fenômeno do software livre", os atores do jogo e o desenrolar do momento histórico...

É isso mesmo, este é efetivamente um momento que podemos ajudar a registrar na história. Aliás, estamos ajudando diariamente cada vez que usamos e falamos de software livre. Se a história vai registrar o início do século 21 como o momento da virada e o Brasil como referência histórica, só muito adiante para saber... Mas para isso, pedra no caminho não vai faltar...

De Lucca

Aprendi bem cedo que não há lugar na vida, sobretudo no que tange à política do bem comum, pra ingenuidades, espaços vazios, falta de disciplina ou de fortalecimento da vontade,falta de vigilância ou de metas bem claras, objetivos, sonhos e auto-estima.
Bjs,
Ada

On 9/19/06, *José Eduardo De Lucca* <[EMAIL PROTECTED] <mailto:[EMAIL PROTECTED]>> wrote:

    Marcelo D'Elia Branco wrote:em possível

    >Penso eu, que a estratégia da MS nao é chegar ou se aproximar dos
    >valores sociais e ao novo modêlo de negócios do software livre, mas
    >fazer com que o movimento software livre fique cada vez mais
    parecido
    >com os valores e o modêlo da MS. Isso significa, pra mim, que é uma
    >estratégia para derrotar ou neutralizar nosso movimento e nao de
    >contribuir com ele.
    >
    >
    Certa vez (não faz muito tempo) um professor de Política científica e
    tecnológica da Unicamp me disse, em uma conversa sobre licenças de
    software e do aparecimento de empresas do porte da IBM e Novell no
    cenário de software livre: "É, não tem jeito, cedo ou tarde, o grande
    capital consegue encontrar uma forma de se apropriar de tudo." Ele se
    referia, óbvio, à dinâmica do software livre e, em especial, à
    inteligência da comunidade. E eu pensava: "Nahhh, desta vez vai ser
    diferente... O espírito do software livre prevalecerá." Ingênuo...

    O grande capital está mais preparado para incorporar e re-moldar
    tudo do
    que qualquer movimento social. Quando o movimento torna-se
    economicamente significativo, o grande capital pega suas armas para
    incorporar tudo o que lhe é conveniente, e esfacelar o que não é.
    Suas
    armas são marketing e poder econômico.

    Todo o que nós fazemos é aberto e compartilhado. Ora, a idéia é que
    "qualquer um" se apropria do que precisa ou do que quer e pode sair
    fazendo negócio. Em "qualquer um" também se lê grandes
    conglomerados e,
    como todos sabemos, eles são muito mais aptos a "dizer" que fazem
    melhores negócios do que outros "qualquer um"...
    Então, no finzinho das contas, pode-se imaginar que todo o software
    livre beneficia à comunidade (um pouco) e a sociedade (um pouco) e o
    grande capital (um muito).

    De Lucca

    >As pedras já foram jogadas com clareza.
    >
    >Marcelo Branco
    >
    >Em Qua, 2006-09-13 às 13:06 -0300, Luciano Ramalho escreveu:
    >
    >
    >>"""
    >>Linus Torvalds e Bill Gates estão jogando frescobol na praia, e
    Gates
    >>acaba rebatendo alto demais. A bola passa por cima de Torvalds e cai
    >>no mar. Linus vai buscar a bola andando sobre as ondas. No dia
    >>seguinte o jornal anuncia:
    >>
    >>LANÇAMENTO DE GATES EXCEDE AS EXPECTATIVAS
    >>Criador do Linux não sabe nadar
    >>
    >>
    >
    >
    >
    >Segunda, 18 de setembro de 2006, 15h51
    >http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI1145174-EI4801,00.html
    >Microsoft Brasil divulga iniciativas inéditas em open source
    >
    >Já está sendo distribuido pela Microsoft Brasil o informativo
    Porta 25.
    >A publicação, com tiragem inicial de 3,3 mil exemplares, divulga as
    >iniciativas de open source da Microsoft e sua estratégia de
    negócios,
    >mostrando ao mercado um posicionamento único da empresa, sobre
    assuntos
    >que envolvam Linux, Unix e outros sistemas de código aberto.
    >
    >A primeira edição do informativo traz um relato sobre a
    participação da
    >empresa em dois representativos eventos open source: o Fórum
    >Internacional do Sofware Livre (Fisl7.0), realizado em Porto
    Alegre em
    >abril, e a LinuxWorldExpo, que teve sua última edição em São
    Paulo no
    >mês de maio.
    >
    >O material foi feito a pedido do gerente de estratégias da Microsoft
    >Brasil, Roberto Prado, e do InfomediaTV, veículo que proporcionou os
    >debates ocorridos no Fisl7.0 em Porto Alegre. "A parceria com a
    Dobro
    >tem nos proporcionado oferecer um mix de produtos maior e de extrema
    >qualidade aos nossos clientes", afirma Fabiana Iglesias, do
    InfomediaTV.
    >
    >O informativo teve coordenação editorial, textos, projeto gráfico e
    >diagramação assinados pela Dobro e visa ser um relatório impresso nos
    >moldes do blog Porta 25
    >(http://porta25.technetbrasil.com.br/Principal.aspx
    <http://porta25.technetbrasil.com.br/Principal.aspx>),
    administrado por
    >Prado.
    >
    >InfomediaTV
    >
    >
    >
    >
    >_______________________________________________
    >PSL-Brasil mailing list
    > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
    <mailto:PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
    >http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
    >Regras da lista:
    >
    http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
    >
    >
    _______________________________________________
    PSL-Brasil mailing list
    PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
    <mailto:PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
    http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
    Regras da lista:
    http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil


------------------------------------------------------------------------

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a