On Sep 21, 2006, "Marcelo Akira" <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

> Quer dizer que fora as logos, o RHEL é totalmente livre? Alguém pode
> confirmar isso?

É o que diz a EULA do conjunto de CDs instalável.  RHEL é mais do que
isso, infelizmente: há os CDs de add-ons, integrantes do RHEL mas que
não são parte do conjunto de CDs instaláveis, que não são livres.

> Também não aconselharia nenhum cliente usar o RHEL5,

Pode usar, mas por enquanto só pra beta testing :-)

> É uma boa suposição, foi o que aconteceu, o usuário digitou '123' e a
> instalação prosseguiu normalmente, engraçado é que nem avisou que o
> acesso ao RHN ficaria desabilitado.

Porque nem tentou falar com o servidor naquele momento, imagino.  De
fato, a idéia provavelmente é não exigir acesso ao servidor RHN
durante a instalação.  Quando a máquina entrar em operação e o usuário
tentar acessar o RHN, provavelmente vai ser avisado de que o
entitlement não funcionou.

> Certo, então se supormos que é um número de entitlement (assinatura de
> serviço) toda essa jogada é legal, do ponto de vista de liberdade de
> software, certo?

Há respeito às licenças de todos os softwares livres envolvidos e não
há introdução de software não livre (a não ser que se instale software
dos add-ons), portanto posso responder com folga, falando pela FSFLA,
que é, sim, pelo menos em teoria.

Não posso negar a possibilidade de que, na prática, seja incluído
algum trecho de código não livre correspondente a firmware para
dispositivos periféricos dentro do código fonte de módulos para o
kernel, por exemplo.  Também não houve uma auditoria por parte das
FSFs para verificar se é o caso, ou se há algum software não livre
dentro do conjunto alegadamente livre.

> Fico surpreso com a esperteza da Red Hat, ela se adapta ao usuário que
> está acostumado a pagar licença de produto, agora tenta fazê-lo
> acostumar a pagar assinatura de serviço.

Não sei dizer se o termo `esperteza' foi usado com conotação positiva
ou negativa, mas não vejo mal nenhum em uma empresa tentar ganhar
dinheiro através da prestação de serviços de forma que respeite os
princípios morais e éticos do Software Livre.

A Red Hat falha nesse respeito ao disponibilizar como parte não
opcional (*) do pacote Red Hat Enterprise Linux os componentes
proprietários (criados por terceiros) que constituem os add-ons que
mencionei.

(*) não dá pra adquirir o produto sem ganhar acesso a esses
componentes; deixar de instalá-los é bem fácil.

-- 
Alexandre Oliva         http://www.lsd.ic.unicamp.br/~oliva/
Secretary for FSF Latin America        http://www.fsfla.org/
Red Hat Compiler Engineer   [EMAIL PROTECTED], gcc.gnu.org}
Free Software Evangelist  [EMAIL PROTECTED], gnu.org}
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a