Trecho da matéria Don't Cry to Them, Argentina, publicada em http://www.grist.org/news/maindish/2006/09/22/hearn/index.html?source=daily


"Ele [agrônomo argentino, Adolfo Boy] lembra dos anos 1990, quando a empresa [Monsanto] trouxe suas sementes geneticamente modificadas para a Argentina. Sua teoria - compartilhada por muitos aqui - é que a Monsanto intencionalmente deixou as sementes RR em domínio público para que os fazendeiros argentinos as usassem, espalhassem, criassem novas variedades de plantas e, mais importante, se tornassem prisioneiros do custoso herbicida Roundup."

É ou não é a mesma estratégia das empresas de software?

--
Usuário Linux #352107
Jabber/Gtalk: [EMAIL PROTECTED]
http://rafaelevangelista.oplanob.com
http://www.dicas-l.com.br/zonadecombate

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a