Carlos B. Schwab escreveu:
Respeito o Professo Emir Sader e concordo com muito do que afirma em seu
texto. Talvez até tenha pensamentos mais duros em relação à pessoas como
senador Jorge Bornhausen, que causam-me verdadeira repulsa.

Mas não pude deixar de notar que o Professo Emir Sader acusou, acusou e
não provou que o <ironia>mui digníssimo</ironia> Sr. Senador da República
é racista, cometeu crime de racismo ou qualquer outro ato ilícito. Este
usufruiu um direito que qualquer cidadão possui: recorrer à justiça para
reparar algo que julgou danoso à sua pessoa ou imagem. É assim que
funcionam as coisas.

Talvez você não tenha notado: a pena inclui a perda do cargo de professor da UERJ, conquistado em concurso público. Será que o senador provou mesmo que houve abuso do cargo público?

--
  '-------------------------------------------------------------------.
Hudson Lacerda http://br.geocities.com/hfmlacerda/

microabc -- free software for microtonal music
http://br.geocities.com/hfmlacerda/abc/microabc-about.html

*NÃO DEIXE SEU VOTO SUMIR! http://www.votoseguro.org/
*Apóie o Manifesto:        http://www.votoseguro.com/alertaprofessores/
  .-------------------------------------------------------------------'
--


                
_______________________________________________________ Novidade no Yahoo! Mail: receba alertas de novas mensagens no seu celular. Registre seu aparelho agora! http://br.mobile.yahoo.com/mailalertas/

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a