Prá vc ver, liberdade de imprensa prá essa turma é subversão.

--
Rafael Kafka

"Todo mundo tenta mas só o BAHIA é PENTA, HEXA, HEPTA!"
--
FreeBSD 6.1
Gentoo GNU/Linux 2006.1
GNU BIGLINUX 3.0
Ubuntu GNU/Linux Dapper Drake  6.06.1 LTS

Seja livre, use GNU/Linux!
GNU/Linux user: #393659
Machine number #294871
http://counter.li.org
==========================
Liberte-se! Use o Firefox.
http://www.getfirefox.com

2006/11/6, Nelson Ferraz <[EMAIL PROTECTED] >:
Como assim, os EUA "bloqueiam" a internet de Cuba? O satélite que Cuba
utiliza foi colocado no espaço por Fidel?

O texto diz: "De fato, apesar de que Cuba conta hoje com acesso a
Internet, esta 'autorização' para conectar-se a ela a deu, como se fosse
uma dádiva, o governo norte-americano em 1996, e não por boa vontade,
senão para explodir a web como uma via mais para promover a subversão
interna, o terrorismo e as pressões contra a Revolução."

"E não contente com isto, o governo norte-americano estimula, financia e
dirige o uso de Internet contra Cuba como um instrumento de
desestabilização, agressão e pressão. Para isso brindou aportes
monetários consideráveis para a criação e manutenção de uma série de
lugares web destinados a promover a subversão interna, ou difamar sobre
o que passa no país, numa vã tentativa de desprestigiar à Revolução
Cubana no ciberespaço."

Se a web é um perigo desses, por que eles querem mais???

Outra pergunta: se a comunicação é um valor tão precioso para a ditadura
de Fidel, por que ele não permite a liberdade de expressão dentro da
ilha? Por que controla o que as pessoas podem ler, escrever, ouvir e falar?

Procure "libertad de prensa" na web cubana, e você só encontrará
críticas à "la llamada libertad de prensa", "la cacareada libertad",
etc. Confira:

http://www.google.com.br/search?q=libertad+de+prensa+site%3A.cu

Onde estão os críticos ao regime?

Mas, o seu texto continua:

"A nação decidiu priorizar a conexão à rede de maneira organizada para
garantir um uso social da mesma" -- isso me parece um eufemismo para
justificar o controle e a censura.

"Numa violação crua e real, a Casa Branca impediu a importação direta de
computadores produzidos pelos maiores fabricantes mundiais destes
dispositivos, como Intel, Hewlett Packard, IBM ou Macquintosh.
Inclusive, para obter uma delas, o país deve pagar até um 30 por cento
mais de seu valor real" -- puxa... como são cruéis! É claro que, sem o
embargo, Cuba produziria computadores 50% mais baratos, e 10 vezes mais
rápidos do que aqueles do império capitalista...

"A isto há que lhe agregar que o império norte-americano controla o 50
por cento dos satélites de comunicação e o 75 por cento da rede
Internet." -- seria melhor que tudo, 100%, estivesse sob controle de um
único ditador?...

Marcelo, por mais que Cuba tenha representado o sonho utópico de uma
geração, um dia é necessário despertar; você pode falar sobre as
maravilhas do regime socialista, e atribuir todos os problemas ao
"império capitalista"... mas um dia é preciso amadurecer.

Se você realmente defende a liberdade, aproveite para dizer isso
enquanto está aí, com todas as letras -- e veja se você voltará a ser
convidado para outros eventos.

Faça o teste: defenda a liberdade.

[]s

Nelson

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil




_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a