Desde que o detentor dos direitos de reprodução do material audiovisual de que estamos falando permita sua distribuição por esse meio e para esse fim, não é. Se o dono do material não autoriza, é pirataria, é previsto em lei e eu dou todo o apoio a isso.

P2P não é o caso de uma pessoa que conhece a outra emprestar um DVD, é um milhão de pessoas que não se conhecem anunciarem para outro milhão de pessoas que não se conhecem (e que ficam anônimas) "eu tenho isso aqui, quem quiser, pode vir copiar". Se o dono dos direitos de reprodução permite (não é raro ser o caso), ótimo - podemos fazer. P2P não é aquela coisa carinhosa de preparar um CD para dar de presente a uma pessoa querida, é manter uma biblioteca pública em que se pode livremente copiar obras inteiras.


Se a pirataria prejudica ou não as vendas, isso é outro problema e é bem discutível. Mas se eu sou dono de uma coisa que eu não quero que seja reproduzida assim, eu vou ficar muito aborrecido em ver o meu direito de restringir a reprodução ser violado em escala planetária.

Quer ver o filme? Vá ao cinema e pague o ingresso ou vá à locadora e alugue o filme. Fazer isso com um filme que está em cartaz ou está amplamente disponível por meios que recompensem (justamente ou não) o dono pelo trabalho que deu fazê-lo, distribuí-lo e divulgá-lo é profundamente condenável.

Agora, como um contraponto, eu sempre achei que, para poder reclamar da pirataria, o dono tem que ao menos fazer um esforço razoável em disponibilizar a obra para seu público. Simplesmente ser dono e sentar em cima dos direitos sem fazer nada com a obra não traz benefícios a ninguém.

Mas não trazer benefícios aos outros deve ser um direito de qualquer um.

Marcelo D'Elia Branco wrote:
Oi Ricardo,

Em Dom, 2006-11-12 às 11:10 -0200, Ricardo L. A. Banffy escreveu:
De novo, estamos mesmo recomendando pirataria nessa lista?

P2P é pirataria pra ti?

pra mim nao...pra mim o Estado as leis nao devem intermediar as relaçoes
pessoais...neste caso.
uma coisa é vender, comercializar, disponibilizar publicamente conteúdos
sem autorizaçao do autor: isso pode até ser mediado por regras, leis,...
enfim o Estado regrar a relaçao.
outra é uma pessoa passar pra outra o conteúdo (seja qual for) do seu
computador...algo privado...nessa relaçao eu sou contra regras, leis,
intermediaçao Estatal...

P2P de conteúdos (mesmo sem autorizao do autor) é um direito pra mim e
nao um crime. Temos este direito no cenário material-industrial e depois
da revoluçao tecnológica digital nao podemos perdê-lo.

abraços de Lima
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a