Curiosamente, este foi o FUD q a Sun usou para justificar para o mundo pq não abria seu código relativo à plataforma Java.

"Forks" só prosperam se o q for oferecido no novo "branch" for superior ou mais interessante aos desenvolvedores do q o q é oferecido pela árvore principal. A especificação Java é uma só, o q pode sofrer "fork" é apenas a implementação de diversas especificações da plataforma. Se esse código for melhor, contanto q siga a especificação, o q - em tese- garantiria a execução sem problemas de tudo o q já temos, não há razão para um "fork" trazer "caos e desordem" à plataforma. Inclusive, q eu me lembre, na época do JDK 1.x, a JVM mais rápida e fiel à especificação era da Watcom (q fim levou mesmo?). Se algum equivalente produzir um código melhor, vamos lá!


Vale lembrar q nada impede um fork do kernel linux, do projeto Mono, dos interpretadores python, ruby, php, e por aí vai, e nunca vi ninguém ficar "temeroso" com isso.

Agora, tendo em vista o ritmo dos projetos livres de Java em andamento, acho muito difícil alguém sair com um fork interessante . . .

[ ]s,

olival.junior


Em 14/11/2006, às 05:54, Jonathas Pereira escreveu:

Olá,

Precisamos tomar o cuidado para não criarmos várias
versões do Java e evitar a fragmentação dessa platafoma.
A comunidade pode se organizar para manter tudo em
um só lugar, semelhante ao projeto GCC. http://gcc.gnu.org
Existem milhares e milhares de projetos escritos em Java.
A fragmentação dela agora seria um desastre.

Jonathas Pereira
http://www.logness.com.br

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/ RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a