Pedro,

Eu não alardeio que conheço os meandros da casa, ou das casas porque o
Congresso Nacional é bi-cameral.
Eu simplesmente conheço ambas as casas muito bem, assim como vários e
vários parlamentares, funcionários de carreiras, jornalistas,
temporários, etc, lobistas do bem, muitos lobistas não tão do bem,
etc.
Nada ALARDEIO porque, diferente de muitos que estão a busca de espaços
e serem conhecidos, fazerem seu marketing pessoal, e quetais, SOU mais
do que conhecida  e me sinto REALIZADA e as duas casas têm sido em
anos e anos o meu habitat natural.
Foi vc quem me contou sobre o substitutivo e disse que iria falar com
Thiago e foi mesmo ao encontro dele, enqt eu fui pra reuniao da
Internet para todos.
Ontem, fiz questão a mais absoluta, de na frente do Tiago, falar com o
Portugal sobre o tal áudio que vc tanto quer.Disse-lhe, invocando
claramente o testemunho do Tiago e me enfiando na conversa deles a
interropendo, de que eu FICARA de pedir direto ao AZEREDO a
disponibilidade do tal áudio, mas nada pedira,mas que naquele instante
o fazia.
Portugal explicou que nada tem contra disponibilizar tal áudio, a sua
degravação e combinamos que num dia útil iremos solicitar o mesmo ao
serviço pertinente.
Lembrou-nos ele de que a reunião do tal áudio fora informal diferente
da de ontem que tinha formalidades de ser de uma Comissão específica e
chamada com os efes e erres.
Falei pra Portugal que sabia disto, entrementes mesmo assim queria o
áudio disponível pra quem quiser.
Tiago resolveu dar seu pitaco dizendo que o referido áudio era de
menor importância porque importante mesmo fora  a reunião que acabrara
de ocorrer
Acentei com Tiago da importância relativa entre uma e outra, mas que
mesmo assim tendo me comprometido em pegar o áudio o queria.
Vc Pedro e me parece que o Omar tb querem este áudio ai, mesmo sabendo
que vc havia ido ao Pennafort que até estimulei sua ida lá. andei
telefonando pra ele pra vcs conversarem,algumas vezes.
Adoro apoiar pessoas a terem acessos e fazerem por si, seus pedidos,
requerimentos, serem ouvidas, vai dai a força motriz do Parlamento
Livre.
Não enfeixo em minhas mãos nada, pelo contrário, sou forte pra valer e
tenho valor na medida que que brigo por acesso de todos.
Tenho enorme confiança no meu taco, já ensinei gente demais a trbalhar
nas duas casas, portanto já formei muita gente e um dos melhores
elogios e reconhecimentos que recebi
foi uqe me deu o Toninho do DIAP no seu livro intitulado :Por dentro
do processo decisório
Como se fazem as leis. Por acaso estou com este livro aqui em cima da
minha mesa pra dar uma olhada.
A mensagem do toninho, um á reconhecido no conhecimento do processo
político/legislativo/parlamentar é:
""**-`A amiga Ada,
Pioneira no trabalho  de acompanhamento e monitoramento da atividade
Parlamentar com quem aprendi a observar a cena política""**
Esta é uma opinião a meu respeito de alguem ultra abalizado pra falar sobre mim.
Tive mesmo tremenda felicidade de levar o Toninho pela mão e ir com
ele passando por todos os campos e reflexõess estudos deste quefazer
tão importante para a vida democrática  do cidadão, da sociedade, da
Nação, do Estado.
Nada ALARDEIO porque não preciso alardeiar, outros falam isto por mim ou de mim.
E por ser quem sou e sei fazer, jamais teria ido à Comissão de
Direitos Humanos da Câmara chorar pitangas e pedir uma audiência
pública sobre qualquer assunto que esteje em discussão no senado.Sei
bem o que significa quebrar a diplomacia entre as diuas casas, ainda
mais qd a casa que está com a bola, está ávida e disposta a fazer
todas e quaisquer discussões.
Há de se ter responsabilidades no que se pede e faz, precisa-se
conhecer muito pra saber o que fazer, precisa-se esgotar todas as
possibilidades para criar uma cunha tão forte como a que foi criada.Só
em último caso se infringe certas regras seculares e ótimas regras,
como a tal diplomacia bicameral.
E, quero ver agora, como sustentar-se-á certas argumentações qd o
Senado fizer mesmo audiências públicas no tempo pertinente sobre
crimes na internet e o substitutivo do PL em questão!!
Se a Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa do Senado
tivesse feito o tal debate, tinha mais a ver. Mas, ela o faria fora da
vez e sem passar pelo crivo do plenário???
Subversão da ordem, muitas e muitas vezes não dá certo, o tira sai
pela culatra, quase sempre.
Acho que alguns quiseram palco certo e......
quero ver o dia seguinte e lá no senado, onde está com a vez.
Aprendiz de feiticeiro costuma errar nas doses, em ingridientes, etc.
Pedro, não pro meu lado e todos aqui devam estar se lembrado de que a
SERYS se dispos a fazer audiência pública, pediu nomes e eu os pedi
pra todos ajudarem nisto, e mais:outros senadores querem o mesmo, não
sei então porque Pedro e Tiago que tudo sabiam disto ai, enfiaram a
história de que Azeredo não deixaria passar pedidos requerimentos
formais de audiência pública, qd ACM até retirou o PL de apreciação da
CCJ. E tudo aconteceu no plenário do senado, não na moita, tendo ACM
raposa velha, constrangido Azeredo a dar seu sim à retirada do PL de
pauta.Vê se eles lá não teriam como fazer Azeredo aceitar sorrindo até
os debates que virão qd acharem ser a hora.
O afoito se enrola e os benefciários com as afoitezas nem sempre é que
agiu afoitamente.
Pedro, por favor, não por cima de mim, tá??!!
Vc e Omar andaram trocando amabilidades e eu fiquei brava com os dois.
Comigo não vou dar chances pra vc e pra mais ninguem,Nem adianta me
provocar,o q for, pois estou centrada nos meus projetos e em ficar boa
da virose que ainda me consome, meu corpo dói todo, exasperadamente, o
ouvido zumbe e dói.
Vamos trabalhar é na PAZ e com argúcia, inteligência, sensatez,
conhecimento de causa,
com estratégia e movimentos táticos de peso e bem pesados.Nada de
amadorismos e jogar pra platéia
Andei fazendo muitas reflexões com vc na semana passada sobre o PL,
falei de ACM ouvindo Thomaz Bastos, seu advogado de sempre, agora
licenciado, mas com influência jurídica enorme.Então, por favor,
menos.
E, concordo mesmo pra valer com o meu cruzeirense do peito - o Evandro
e com o Omar e vou repercurtir isto no senado:
- Acho mesmo que deveria jogar tudo fóra e fazer algo novo e tendo
como referência estudos da Dra Ela Castilho.
A Febraban é tão rápida que teve a mesma vontade de que eu e fui feito
urubu na carniça:
Voou na jugular da procuradora e lhe pediu os sues textos e ainda lhe
pediu para que fosse mandado tudo de forma suscinta.
Vendo aquilo não me contive e disse:
- Pelo amor de Deus, menos, menos né, a Dra Ela não é uma contratada
de vcs, mas a Sub procuradora geral da república para direitos do
cidadão e minorias, e uma provável procuradora geral da
república.Saiba traté-la.
É isto Pedro, temos de saber tratar as pessoas.
Gosto muito de vc, mas ando aborrecida e discordante de vc.E se vc não
me contou que Pennafort lhe pediu ajuda e que o tal substitutivo era
vontade do gabinete ou da própria SERYS, não desconfiei.Cabia a vc ter
me dito tudo com clareza.
Vc pode não ter a competência específica, mas pode ajudar a organizar
o que for preciso.
E, só vejo uma pessoa, uma profissional pra servir de referência pra
valer: Dra ela Castilho, ninguem mesnos, somente se for pra ser mais,
muito mais e ou igual.
Bjs,
Ada


On 11/15/06, Pedro A.D.Rezende <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
Ada Lemos escreveu:
> Quer saber Evandro?
> Concordo com Vc.
> Tai..Concordo pra valer com vc
> Poxa é isto mesmo.
> O negócio é jogar tudo no lixo
> e começar do zero e fazer de novo
> um PL não Frankenstein.
> E o Pedro com o Tiago ainda querem fazer um substitutivo...

Ada, isso que voce está falando é inverdade e injusto.

Nem eu nem Tiago querermos fazer substitutivo algum, de PL algum. Quem
me disse que queria fazer substitutivo, e para isso pediu minha ajuda,
foi o assessor da Senadora Serys, o Penaforte. Eu disse a ele que ia
comunicar ao Thiago o interesse dele, Penaforte, pois não tenho
competência para ajudá-lo nisso, e assim o fiz.

O Penaforte me pediu isso quando eu fui pedir a ele que encaminhasse um
requerimento ao Senado requisitando o áudio da reunião de 23 de agosto,
reunião sobre o PL azeredo da qual particiapamos eu, a seu convite, o
Thiago e vc. Eu só fui pedir isso, diretamente ao Penaforte, porque o
mesmo pedido feito a vc, que alardeia conhecer os meandros da casa, não
surtiu efeito.

Não é justo que vc venha agora por desejos na minha boca, na minha mente
ou no meu coração, mais ainda do Thiago que não tem nada a ver com isso.

--
-------------------------------------------
prof. Pedro Antonio Dourado de Rezende /\
Computacao - Universidade de Brasilia /. \
tcp: Libertas quae digitos desiderat /____\
http://www.cic.unb.br/docentes/pedro/sd.htm
-------------------------------------------
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a