Gente,

Eis aqui um dos pilares do COMSOLI -termos da Lei da Microempresa ,
sobretudo no que tange ao objeto do nosso campo de ação.
Assim como a lei das PPP ou a lei dos ''Consórcio" Público/Público
Qd achei que deveríamos trabalhar em forma de CONSÓRCIO, não tínhamos
legislação pertinentes e apoiadoras,
havia pequenas brechas, mínimas até.
Mas, sai correndo para trabalhar em prol de legislação concernente, que não
tinha
dúvida de que elas viriam, inexorávelmente,mais cedo e mais tarde.
Demorou demais, ainda precisa em parte, de algumas regulações em outras leis
Não poderia fazer nunca um COMSOLI reducionista apenas focado
no Poder Público Executivo,pois não daria certo, só dá se for AMPLO como
está
agora melhor mostrado no Portal do COMSOLI em construção, tendo de ser muito
aprimorado.
Vai daí que briguei tanto para o Comsoli seguir com o desenho original
traçado por mim
Não brigo com pessoas, embora pessoas briguem comigo.Brigo por IDEAIS,
Idéias, objetivos,
procedimentos, meios adequados e corretos,métodos,e quetais.
Por que Consórcio?
- Porque os entes mantém identidade própria, sobretudo poristo
Cada um consorcia-se conforme for adequado e pertinente a objetivos.
Este é um momento de enorme importância para nós e precisa de muita
comemoraçao
qd tudo for promulgado.
E mais de tudo...passar para a prática, de verdade pra valer.
O Comsoli é pra todos e de todos que nele virem méritos e quiserem estar
colaborativamente
para haver grande poder integrador, complementando uns aos outros entre
diversos, de modo plural
É isto.
Sem meios, sem infra, sem legislação e regulações, sem firme e expansíveis
fontes financiadosa e vendas, ter compras bem organizadas,
e todo um etc que a tudo isto acompanha, como ter melhor formatos(etc) para
tomadas de decisões, etc,onde chegaríamos??
Continuaríamos tendo apenas vôos de galinha, sem graande força inovadora, se
modelos de negócios dos bambas, sem
lastro pra fazer-se exigências necessárias e justas, sem CIDADANIA exercida
pra valer, então sem realidade transformadora.
Quero cumprimentar aqui, não poderia deixar de fazê-lo, ao Leonardo pelo seu
trabalho diuturno no que tange, especificamente, a esta lei
É isto ai.
Abs fortes,
Ada

* Acesso ao crédito fica mais fácil e empresas poderão competir consorciadas
*
http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5181&sid=9
*::* Luiz Queiroz <[EMAIL PROTECTED]>
*::* Convergência Digital <http://www.convergenciadigital.com.br/> *::23/11/2006
*

Depois de sancionada pelo presidente Lula e, se não houver vetos nesta
direção, a nova Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas irá criar a figura
do "Consórcio Simples". Isso significa que será permitida a associação de
empresas voltadas para ganhar escala de mercado.

No setor de TI, por exemplo, esses consórcios poderão atuar com o intuito de
obterem aumento de competitividade e de inserção em novos mercados, tanto
interno como externo, possibilitando a redução de custos, gestão
estratégica, maior capacitação, acesso a crédito e a novas tecnologias.

A nova lei determina ainda, que o Consórcio será composto exclusivamente por
micro e pequenas empresas (MPEs) optantes pelo Simples Nacional. Eles serão
constituidos por meio de regulamentação do Executivo.

O projeto também faculta ao governo, propor medidas que melhorem o acesso
das firmas aos mercados de crédito e capitais, sempre que se mostrarem
necessárias. Além disso, determina que os bancos públicos, comerciais e
múltiplos, assim como a Caixa Econômica Federal (CEF), deverão manter linhas
de credito específicas para o segmento, amplamente divulgadas e expressas
nos demonstrativos contábeis e relatórios de desempenho.

Como estímulo, sugere ainda, que essas instituições financeiras públicas
devam se articular com as respectivas entidades de apoio e representação das
microempresas e empresas de pequeno porte, no sentido de proporcionar e
desenvolver programas de treinamento, desenvolvimento gerencial e
capacitação tecnológica.

O Projeto também institui o "Sistema Nacional de Garantias de Crédito", com
o objetivo de facilitar o acesso das micro e pequenas empresas ao crédito e
a demais serviços junto às instituições financeiras, ficando a cargo do
Poder Executivo regulamentá-lo.

No que se refere às condições de acesso aos Depósitos Especiais do FAT
(Fundo de Amparo ao Trabalhador), anova legislação determina que "o Codefat
poderá disponibilizar recursos financeiros mediante a criação de programa
específico para as cooperativas de crédito de micro e pequenos empresários".

"Temos aqui um elenco de medidas que mistura coisas densas e concretas com
dispositivos que não serão eficazes, mas que, sem dúvida, avança, e muito,
em relação ao que temos hoje. Consegue, por exemplo, convalidar projetos
pioneiros como o Proimpe entre as entidades empresariais de informática, de
um lado, e o Sebrae e Banco do Brasil, de outro. Com otimismo, podemos
prever que poderão surgir muitas outras promissoras iniciativas semelhantes
daqui por diante.", aposta o diretor da Fenainfo, Leonardo Bucher.


<?subject=Um%20amigo%20indicou%20um%20texto%20do%20site%20Converg%C3%AAncia%20Digital%20&body=Estou%20lhe%20indicando%20o%20texto%20%27%27Acesso%20ao%20cr%C3%A9dito%20fica%20mais%20f%C3%A1cil%20e%20empresas%20poder%C3%A3o%20competir%20consorciadas%27%27.%20Para%20ver,%20acesse%20http://www.convergenciadigital.com.br%2Fcgi%2Fcgilua%2Eexe%2Fsys%2Fstart%2Ehtm%3Finfoid%3D5181%26sid%3D9>Enviar
por e-mail
 *...*   Imprimir texto
<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5181&sid=9&tpl=printerview>
*::* Leia também:

*:: 10/11/2006* *10:25*
I<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5069&sid=8>
Lei Geral das Microempresas só depende da sanção
presidencial<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5179&sid=9>

*:: 23/11/2006* *10:36*
Acesso ao crédito fica mais fácil e empresas poderão competir
consorciadas<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5181&sid=9>

*:: 23/11/2006* *10:01*
Nova lei permite Ministério da Fazenda criar política industrial para
inovação<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5180&sid=9>


*Outras matérias desta seção:*

* ANTERIOR
*<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5179&sid=9>
*Lei Geral das Microempresas só depende da sanção presidencial*

* PRÓXIMA
*<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5180&sid=9>
*Nova lei permite Ministério da Fazenda criar política industrial para
inovação*

<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=19>
------------------------------
 <http://www.convergenciadigital.com.br/ads/adclick.php?n=a7e620dd>
------------------------------
<http://www.ideavalley.com.br/futurecom/>
------------------------------
 *:: 23/11/2006* *09:00*
Mercado de serviços em ebulição no
Brasil<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5177&sid=5>

*:: 22/11/2006* *20:33*
Heitor Blum é reeleito presidente da
Sucesu-SC<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5178&sid=2>

*:: 22/11/2006* *19:38*
Senado quer indicar diretores de
agências<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5176&sid=8>

*:: 22/11/2006* *18:28*
Bull fecha com JBoss e vai desenvolver plataforma
SOA<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5174&sid=5>

*:: 22/11/2006* *17:30*
Apenas 10% dos aparelhos estão habilitados para download de jogos
móveis<http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=5173&sid=8>
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a