Justiça seja feita q isso NÃO é coisa de brasileiro. Uma passada na DistroWatch e temos (continua depois da lista):

Top 10 Distributions
1. Ubuntu
2. Mandriva Linux
3. SUSE LINUX
4. Fedora Core
5. Debian GNU/Linux
6. Knoppix
7. MEPIS Linux
8. Gentoo Linux
9. Slackware Linux
10. Xandros Desktop

Top 5 Live CDs
1. Knoppix
2. MEPIS Linux
3. PCLinuxOS
4. SLAX
5. Damn Small Linux

Top 5 Source Distributions
1. Gentoo Linux
2. Source Mage GNU/Linux
3. Linux From Scratch
4. ROCK Linux
5. Lunar Linux

Top 5 Multimedia Distributions
1. GeeXboX
2. MoviX
3. dyne:bolic
4. AGNULA
5. Mediainlinux

Top 5 Beginner-Friendly Distributions
1. Xandros Desktop
2. MEPIS Linux
3. Linspire
4. PCLinuxOS
5. Ark Linux

Top 5 RHEL-based distributions
1. CentOS
2. Scientific Linux
3. Lineox Enterprise Linux
4. Tao Linux
5. White Box Enterprise Linux

Top 5 Firewalls
1. Devil-Linux
2. Astaro Security Linux
3. ClarkConnect Broadband Gateway
4. SmoothWall Express
5. IPCop

Agora me diz da lista acima qtas são brasileiras . . . Esse tipo de "proliferação" (q muitas vezes redunda em "mais do mesmo") é típico do mundo FLOSS. Ou vc acha mesmo q precisamos de 5 distribuição de compilação do RHEL?

O q me parece mais problemático aqui no Brasil é q ninguém conseguiu ainda criar um negócio ao redor do SL q seja sustentável e se firmar no mercado. Nos EUA um sujeito identifica a necessidade de uma distribuição amigável e descobre uma forma de ganhar dinheiro com isso, vai lá e cria uma Linspire (antiga Lindows). Tem defeitos? Vários. Rodar como root direto é um pecado mortal? Talvez, mas resolveu a necessidade do público alvo do sujeito. Aì ele vai lá e cria o Click'n'Run, onde o usuário instala programas q encontraria de graça na internet, mas q por uma módica quantia são instalados via o "synaptic-wannabe" da Linspire. O usuário fica satisfeito e o dono da distro ganha uma grana, reinveste, e cria um negócio rentável.

Mas, no Brasil, parece q SL só faz sentido se o sujeito não ganhar *nada* em termos financeiros. No máximo pode escrever uns livros e tentar faturar uma graninha por fora com suporte (depois não entendem p q o autor deixa de dar suporte à distro . . .).

O q eu acho legal na Red Hat, pra ficar em quem mais ganha dinheiro com isso, é q eles conseguiram faturar uma grana com um modelo de negócio q, no final das contas, é bem parecido com um modelo de licenciamento para o usuário final (no sentido de q para ele considerar o pgto de uma subscrição como era o pgto de uma licença é algo razoavelmente compreensível, vide a qtd de editais do Executivo e Judiciário com pregões para comprar "licenças" de RHL, e dá tempo para educar o sujeito para perceber entender a diferença e ver como ele tem vantagens com a subscrição q ele não teria com a licença de uso + suporte), mas mantém o conhecimento codificado na distro rodando (via os fontes q estão por aí e dão origem a essas trocentas distribuições-clones por aí).

Agora, vá fazer isso no Brasil . . . A "comunidade" vai tachar vc de "capitalista sem alma e ganancioso", q só quer "ganhar dinheiro com o trabalho dos outros", pq, afinal de contas, "software livre tem de ser de graça" e o único modelo de negócio aceitável é "suporte ao produto", sem lembrar q "suporte" não é só instalar e configurar, mas - como a Red Hat entendeu - codificar patches e empacotar tudo *tbém* é suporte para esses fins e merece ser remunerado.

O engraçado é q depois não entendem pq aqui as empresas dão tão pouco dinheiro para eventos e projetos afins de SL e o governo entra com tanta grana nesses casos . . .

[ ]s,

olival.junior

Em 23/11/2006, às 23:44, Felipe Augusto van de Wiel (faw) escreveu:

-----BEGIN PGP SIGNED MESSAGE-----
Hash: SHA1

On 11/23/2006 10:41 PM, Ufa wrote:
Era tão simples usar uma distribuição consolidada, como Ubuntu,
Mandriva, Fedora, etc...
Pq ficam inventando tantas distribuições diferentes?

        Bem vindo ao Brasil.

        O que você vai fazer agora? Nada? Então vamos mudar duas
dúzias de ícones e nomes e criar uma distro.


Ufa

        Abraço,

- --
Felipe Augusto van de Wiel (faw)
"Debian. Freedom to code. Code to freedom!"
-----BEGIN PGP SIGNATURE-----
Version: GnuPG v1.4.5 (GNU/Linux)
Comment: Using GnuPG with Debian - http://enigmail.mozdev.org

iD8DBQFFZk5qCjAO0JDlykYRAjwxAJ9Uw90LrOiY9ZUd8Y9XNWTQqb1maACfUKGL
1mjdTlQD6ftfI0nqGY3NxI4=
=R2kj
-----END PGP SIGNATURE-----
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/ RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a