-----BEGIN PGP SIGNED MESSAGE-----
Hash: SHA1

Olá!

Falo por experiência pessoal: estou instalando e vendo se aprendo a
configurar o Hercules/390, um emulador livre de System/390 (atual
zSeries) para instalar ferramentas de estudo de Mainframe, como CICS,
Natural, Adabas, COBOL...

Estou procurando isso devido ao meu ambiente profissional demandar
muito conhecimento de Mainframe, mesmo eu atuando em plataforma de
servidores PCs e RISC, para ter uma conversa harmoniosa com o resto
dos profissionais.

PS: Aproveitando, gostaria de saber se alguém aqui também está usando
o Hercules/390.

Olival Júnior escreveu:

> Enquanto estávamos outro dia discutindo aqui Java x Mono, olha só o q
> está correndo por fora . . .
> 
> Iniciar mensagem reenviada:
> 
>> Empresas decidem formar talentos em Cobol
>> Terça-feira, 21 de Novembro de 2006, 20h19
>> http://www.tiinside.com.br/outsourcing/Filtro.asp?C=305&ID=68477
>>
>> A falta de mão-de-obra especializada em Cobol, linguagem de
>> programação para mainframe, levou a DTS Consulting a abrir o seu
>> centro de treinamento nesta tecnologia para o mercado. A empresa já
>> oferecia capacitação nessa área para novos talentos do seu programa
>> de estagiários e agora vai formar também profissionais para atender a
>> demanda do mercado.
>>
>> Fernando Parra, presidente da DTS, esclarece que a empresa não vai
>> ministrar cursos e que o novo serviço surgiu de uma necessidade do
>> mercado. "Há uma grande demanda por especialistas em Cobol por uma
>> falta de visão das universidades que não estão formando profissionais
>> na quantidade que o mercado precisa. Resolvemos levantar essa
>> bandeira e formar mão-de-obra", diz o executivo.
>>
>> A primeira turma do curso formou 25 profissionais em Cobol, sendo que
>> 18 foram aproveitados pela própria DTS. Parra diz que a empresa tem
>> uma grande demanda por esses especialistas, pois a maioria de seus
>> clientes tem mainframe e precisa de programadores com conhecimentos
>> nesta plataforma. Ele cita os exemplos das instituições financeiras
>> Santanter, Bradesco e Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA). "As
>> grandes corporações estão baseadas em Cobol e precisam desses
>> profissionais", afirma o executivo acrescentando que essa demanda
>> aumentou mais ainda depois que algumas empresas investiram em centros
>> de desenvolvimento no País para explorar o mercado de offshore.
>>
>> Parra diz que as universidades têm uma visão míope por estarem
>> preocupadas em formar mão-de-obra só em plataforma baixa, dando
>> grande ênfase a cursos de Java e .Net. Ele chama atenção de que por
>> trás da explosão de serviços web há um mainframe suportando o
>> processamento da grande massa de dados que o usuário visualiza pela
>> internet.
>>
>> Segundo o presidente da DTS, os profissionais que investirem nessa
>> área vão se dar bem. De acordo com ele, a faixa salarial para
>> iniciante em Cobol gira em torno de R$ 1,2 mil; para analista de
>> nível médio cerca de R$ 4 mil e sênior aproximadamente R$ 7 mil. Como
>> existe carência desses especialistas, as empresas estão valorizando
>> muito estes talentos e tentando segurá-los de todas as formas.
>>
>> Outras iniciativas
>>
>> "Tem muita demanda por Cobol, mas as universidades não estão formando
>> profissionais nesta linguagem", afirma Luiz Coelho, gerente de
>> sistemas da prestadora de serviços alemã, T-Systems, que assumiu a
>> Gedas. A empresa abriu um centro de desenvolvimento recentemente em
>> Blumenau (SC) para atender o mercado de offshore e um dos requisitos
>> para contratar os profissionais foi o comprometimento deles em
>> estudar Cobol.
>>
>> A T-Systems tem clientes como as montadoras Volkswagen e Daimler
>> Chrysler, que operam com Cobol. Para recrutar profissionais para sua
>> nova unidade, a empresa fechou uma parceria com a Blusoft, entidade
>> que controla o pólo tecnológico de Blumenau, e desenvolve o Programa
>> Entra 21 com apoio da Fundação Internacional para a Juventude (IYF) e
>> do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A meta é capacitar
>> jovens entre 16 e 25 anos para o mercado de trabalho de TI. Dezenove
>> jovens desse projeto já estão empregados na T-Systems.
>>
>> A CPM é outra que precisa garimpar muito o mercado para encontrar
>> especialistas em Cobol e outras plataformas para mainframe e, por
>> isso, firmou acordos com universidades. Lílian Picciatti, diretora de
>> outsourcing da empresa, conta que a carência por profissionais nessa
>> plataforma vem ocorrendo há cerca de cinco anos. O quadro começou a
>> mudar com a movimentação do Brasil para explorar, com mais ênfase, o
>> mercado de offshore.
>>
>> Flávia Guerra, gerente executiva da prestadora de serviços mineira
>> MSA, observa que muitos bancos operam com Cobol e que o mercado não
>> pode ficar sem especialistas. Recentemente, ela recebeu uma demanda
>> por profissionais de um cliente e precisou buscar talentos no Brasil
>> inteiro. Acabou tendo que treinar 40 pessoas.
>>
>> A dificuldade em achar esse tipo de mão-de-obra estimulou a companhia
>> até a investir em estudantes do ensino médio de escolas técnicas.
>> Eles são preparados para serem programadores e a vantagem de investir
>> nesses jovens, segundo Flávia, é que eles querem um emprego e não
>> estão preocupados se vão trabalhar com .Net. Java ou Cobol. Da Redação
>>
>>
>> __._,_.___
>> Mensagens neste tópico (1)Responder (através da web) | Adicionar um
>> novo tópico
>> Mensagens | Associados
>>
>> Alterar configurações via web (Requer Yahoo! ID)
>> Alterar configurações via e-mail: Alterar recebimento para lista
>> diária de mensagens | Alterar formato para o tradicional
>> Visite seu Grupo | Termos de uso do Yahoo! Grupos | Sair do grupo
>> Visite seu Grupo
>> Yahoo! Fotos
>> Compartilhe suas fotos
>>
>> Carregamento fácil
>>
>> Armazenamento ilimitado
>>
>> Barra de Ferramentas
>> Instale grátis!
>>
>> Os produtos Yahoo!
>>
>> no seu navegador.
>>
>> Y! Repostas
>> Pergunte!
>>
>> Pessoas reais
>>
>> respondem.
>>
>> .
>>
>> __,_._,___
> 
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da
> lista:http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> 
> 


- --

Obrigado!

Fabio Emilio Costa                São Bernardo do Campo - SP - Brazil
ICQ #:173799674      [EMAIL PROTECTED]       Nick:SamWeasley
MSN: [EMAIL PROTECTED]           Jabber: [EMAIL PROTECTED]
Yahoo! Messenger:hufflepuff0305    Linux User #416439(counter.li.org)

Orkut Profile: www.orkut.com/Profile.aspx?uid=16619557238254357700
Blog: www.livejournal.com/users/fabiocosta
"Copie. Seja Legal. Não seja trouxa! Use Software Livre!"
-----BEGIN PGP SIGNATURE-----
Version: GnuPG v1.4.5 (GNU/Linux)
Comment: Using GnuPG with Fedora - http://enigmail.mozdev.org

iD8DBQFFagosUfTz4jSwcAIRAm3oAKCyiBt85mzLLHkdMw0qZ5GJJESoQgCfR5E1
RTrQuKX8EAJLCB6lHLdQMpk=
=urrd
-----END PGP SIGNATURE-----
begin:vcard
fn;quoted-printable:F=C3=A1bio Emilio Costa
n;quoted-printable:Costa;F=C3=A1bio Emilio
email;internet:[EMAIL PROTECTED]
version:2.1
end:vcard

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a