Perdão, onde está escrito "entre 22 soluções de software pessoal"  leiam
"entre 22 soluções de software PARA FIREWALL pessoal"

2006/12/9, Pablo Sánchez <[EMAIL PROTECTED]>:

Existe um erro na argumentação sobre manutenção: a mesma acabará sendo
provida pelo governo, até porque foi distribuído pelo governo, e como
vivemos em uma nação paternalista que nos provê tudo, isso implica em
licitação sobre o quem daria a manutenção, ou até dispensa da mesma sob
alegação de ser o detentor/criador/construtor do mesmo.

Software: na minha opinião, deve ser livre, por todas as questões de
liberdade, e as notórias discussões sobre auditoria e qualidade do software
(vejam pesquisa recente que saiu colocando, entre 22 soluções de software
pessoal, o da MS em último lugar com pontuação 0 - depois passo o link, está
no e-mail do trampo). O grande problema que levanto mesmo, são as
ferramentas de auditoria. Gente, do que adianta dar uma máquina à criança se
não houver conteúdo pedagógico compatível? Como está a questão no Linux Onde
estão as boas ferramentas de auditoria, aquelas que qualquer professor
conseguiria usar para criar um conteúdo seu? Lembrem que documento do OO ou
do word, criança só lê na marra, pois é tão divertido quanto um livro de
álgebra. Lembrem tam´bém que o conteúdo deve ser acessível off-line, pois as
comunidades que não tem nem luz com certeza não tem link.

Hardware: não deveria ser tão problemático, além do custo de assemblagem
do equipamento, e deveria ser obrigatório apenas que se utilizasse uma
plataforma que não esteja presa a uma solução específica de OS. Ou seja,
qualquer uma das duas soluções deveria vir com os dois OSs compatíveis,
dando a liberdade do país escolher a plataforma.. o que me dá medo, pois
sabemos que sempre ganha quem tem mais recursos financeiros (porque será,
né?).


Em 09/12/06, Rafael Evangelista <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
>
> Vamos diferenciar as duas coisas, hardware e software, que tem lógicas
> econômicas diferentes.
>
> Software não é uma segunda discussão, foi o assunto iniciado aqui. Então
>
> comecemos por ele. Como todos sabemos ele é licenciado e não comprado, e
> é por aí que estou argumentando. Ao incluir o proprietário no programa o
> governo não estaria distribuindo algo sobre o qual tem controle, estaria
>
> entregando o produto de uma certa empresa. Se o software for livre, esse
> produto não é objeto de mesmo controle e essa é uma opção real,
> disponível. Se não houvesse outra tudo bem, mas há.
>
> Sobre a manutenção: qualquer um é livre para dar manutenção em qualquer
> produto, hardware ou software. Porém, se a especificação for aberta (se
> o software é livre ela é, no caso do hardware não sei), as empresas ou
> autônomos que prestarão esse serviço tem igualdade de competição, pois
> todos tem, teoricamente, a mesma quantidade de informações sobre aquele
> produto.
>
> Sobre o hardware: é uma questão importante, temos que discutir isso
> também, mas não vamos parar a outra discussão por causa dessa. Acho que
> vale investigar o contrato feito pelo governo brasileiro e ver que
> condições há de entrada para a indústria nacional (ou estrangeira, tanto
> faz, só não pode haver privilégios para os fabricantes originais), tanto
>
> para manutenção como para fabricação de peças. Acho que se as
> informações estiverem disponíveis vai ter gente inventando coisas para
> melhorar a tal máquina.
>
> []
> rafael
>
> Pablo Sánchez escreveu:
> > Ok, então, partindo desse seu ponto de vista, vendo o hardware sendo
> > um ou outro (fuck software, vamos falar sobre a base onde roda o
> > software), a escolha de uma ou outra solução levaria a esse mesmo
> > problema. É como se o Governo resolvesse distribuir note da Compaq, e
> > não da Toshiba. Quem ia lucrar com suporte ao hardware? Vê que o
> > argumento acaba tornando-se falho? Qualquer uma das duas soluções tem
> > hardware muito fechado, é aquilo e pronto. Pelo menos, na solução
> > nacional, a manutenção de hardware seria mantido no Brasil. Na outra,
> > ia vir um babaca primo do Negromonte ou sei lá o q, só para apertar
> > parafuso. Porque ele saberia qual o parafuso, e o preço vai no que lhe
> > der na telha. Ou vc acha que a criança vai juntar a mesada e levar
> > para consertar pagando do próprio bolso? Claro que não. O problema
> > mesmo em pegar uma solução estrangeira, mesmo que baseada em Linux, ao
> > meu ver, é esse, o hardware. Software é ainda uma segunda discussão.
> > No caso do note brasileiro, baseado em risc, dá para colocar Linux
> > também. Colocaram Windows porque foi o que quiseram colocar, mas se vc
> > me der um hardware desses e pagar meu salário de uma semana, eu coloco
> > um sistema livre lá para vc, facilmente. Um Linux, NetBSD, ou qualquer
>
> > outro com suporte a processadores Risc.
> >
> > Então, eis o grande problema: quem vai dar suporte ao hardware? Veja
> > que por ser um programa financiado pelo governo brasileiro, isso exige
> > uma estrutura aceitável de empregados e atendimento nacional. Por
> > serem eles os criadores, conseguem até dispensa de licitação! Pô meu,
> > não gostei do produto brasileiro vir com windows, mas discutir apenas
> > o software é apenas 50% da questão. Software não funciona sem
> hardware.
> >
> >
> > Em 09/12/06, *Rafael Evangelista* <[EMAIL PROTECTED]
> > <mailto:[EMAIL PROTECTED]>> escreveu:
> >
> >     Não seria interessante termos uma lista de argumentos, talvez algo
>
> >     feito
> >     em um wiki, para responder a essa pergunta?
> >
> >     Em particular, penso em dois pontos: o fato de o código ser livre
> >     permite que qualquer uma dessas crianças (mesmo que seja 1 em
> 1mil)
> >     tenha condições de se tornar desenvolvedores, sem precisar de
> nenhum
> >     código proprietário; outro é que não cabe ao Estado distribuir o
> >     produto
> >     de uma empresa específica, produto que o Estado não é dono, apenas
>
> >     licenciante. Distribuir código proprietário implica no
> >     favorecimento de
> >     uma empresa, em detrimento de outras. É como se o governo
> resolvesse
> >     distribuir celulares da Vivo (e não da Claro, da Tim ou qquer
> outra)
> >
> >     []
> >     rafael
> >
> >     Wagner Meira Jr. escreveu:
> >     > Isso nao e brincadeira. Eles facilmente fazem isso para destruir
> qq
> >     > coisa que
> >     > se relacione a SL. Por isso acho que o argumento de custo de
> >     licencas
> >     > e fraco
> >     > e facilmente discutivel, como esta acontecendo em plena lista de
> SL.
> >     >
> >     > O aspecto mais relevante do software livre e estrategico, eh
> sobre
> >     > apropriacao,
> >     > eh sobre sustentabilidade, eh sobre capacidade de evolucao. Se
> nao
> >     > tivermos um
> >     > argumento tecnico robusto, ou seja, qualidade de software, nao
> >     ha nada
> >     > que
> >     > nos sustente, dai a preocupacao com problemas tecnicos no
> programa
> >     > Computador
> >     > para Todos. O unico cenario onde uma solucao proprietaria pode
> >     existir e
> >     > aquele onde ainda nao houver software livre ou a solucao livre
> nao
> >     > apresente
> >     > as funcionalidades necessarias. Fora isso, nao deve haver
> espaco.
> >     >
> >     > Um abraco,
> >     >
> >     > Wagner
> >     >
> >     > Ricardo L. A. Banffy escreveu:
> >     >> Eu sei que é brincadeira, mas eu falei sério. E se eles
> resolverem
> >     >> doar licenças para esse ou outro programa parecido, como
> defender a
> >     >> escolha de software-livre? Em que situações e por que software
> >     livre
> >     >> seria melhor, e em que situações a alternativa proprietária
> >     >> resolveria o problema?
> >     >>
> >     >> Pablo Sánchez wrote:
> >     >>> hummm... tática de traficante.... ;-)
> >     >>>
> >     >>> Em 08/12/06, *Ricardo L. A. Banffy* < [EMAIL PROTECTED]
> >     <mailto:[EMAIL PROTECTED]>
> >     >>> <mailto: [EMAIL PROTECTED] <mailto:[EMAIL PROTECTED]
> >>>
> >     escreveu:
> >     >>>
> >     >>>     E se eles doarem as licenças? Como você
> contra-argumentaria?
> >     >>>
> >     >>>     Pablo Sánchez wrote:
> >     >>>      > Veja bem: vc como governante iria aumentar o custo de
> um
> >     >>> hardware
> >     >>>      > adquirindo licenças de um sistema, sendo que pode usar
> >     outro sem
> >     >>>      > custos?
> >     >>>     _______________________________________________
> >     >>>     PSL-Brasil mailing list
> >     >>>     PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >     <mailto:PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
> >     >>>     <mailto: PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >     <mailto:PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>>
> >     >>>
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> >     >>>     <
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil>
> >     >>>     Regras da lista:
> >     >>>
> >     >>>
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >     >>>
> >     >>>
> >     >>>
> >     >>>
> >     >>>
> >
> ------------------------------------------------------------------------
> >
> >     >>>
> >     >>>
> >     >>> _______________________________________________
> >     >>> PSL-Brasil mailing list
> >     >>> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >     <mailto:PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
> >     >>> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> >     >>> Regras da lista:
> >     >>>
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >     >>>
> >     >> _______________________________________________
> >     >> PSL-Brasil mailing list
> >     >> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >     <mailto:PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
> >     >> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> >     >> Regras da lista:
> >     >>
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >     >
> >     > _______________________________________________
> >     > PSL-Brasil mailing list
> >     > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >     <mailto:PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
> >     > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> >     <http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil>
> >     > Regras da lista:
> >     >
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >     >
> >
> >
> >     --
> >     Usuário Linux #352107
> >     Jabber/Gtalk: [EMAIL PROTECTED]
> >     <mailto: [EMAIL PROTECTED]>
> >     http://rafaelevangelista.oplanob.com
> >     http://www.dicas-l.com.br/zonadecombate
> >
> >     _______________________________________________
> >     PSL-Brasil mailing list
> >     PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >     <mailto: PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
> >     http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> >     Regras da lista:
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
> >
> >
> ------------------------------------------------------------------------
> >
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>
>
> --
> Usuário Linux #352107
> Jabber/Gtalk: [EMAIL PROTECTED]
> http://rafaelevangelista.oplanob.com
> http://www.dicas-l.com.br/zonadecombate
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a