Defensores da neutralidade da internet comemoram concessões da AT&T Por Grant
Gross, para o IDG Now!*
Publicada em 29 de dezembro de 2006 às 15h46
Atualizada em 29 de dezembro de 2006 às 16h14

<http://idgnow.uol.com.br/telecom/2006/12/29/idgnoticia.2006-12-29.2567789136/sendto_form>
http://idgnow.uol.com.br/telecom/2006/12/29/idgnoticia.2006-12-29.2567789136/IDGNoticia_view
<javascript:setActiveStyleSheet('Texto Grande', 1);>

Washington - Motivo é a promessa de que a gigante de telecom manterá uma
"rede neutra" em troca da aprovação para comprar BellSouth.

A divulgação de que a AT&T pretende fazer novas concessões para garantir a
aprovação da compra da BellSouth foi bem recebida pelos defensores da
neutralidade da rede.

Dizendo que não iria priorizar ou degradar o tráfego baseada na "origem,
propriedade ou destino" por dois anos após a negociação, a gigante de
telecomunicações busca acabar com os questionamentos da U.S. Federal
Communications Commission (FCC), órgão regulador dos EUA equivalente à
brasileira Anatel.

Sem usar meias palavras, os defensores da neutralidade da rede classificaram
a concessões como uma vitória.

"Cumprimentamos a AT&T pelo compromisso em preservar o acesso a uma Internet
aberta. Agradecemos, também, aos comissários da FCC, e a toda equipe, pelo
trabalho duro e pela dedicação no período de festas para defender os
interesses dos consumidores" disse Jim McGann, porta-voz do grupo de
defensores da neutralidade chamado "It's Our Net Coalition".

AT&T prometeu, também, oferecer DSL (digital subscriber line) por 10 dólares
ao mês na sua área de atuação.

Além disso, a companhia disse que quer estender seus serviços de banda
larga, seja aqueles com fio como o DSL ou outras tecnologias como o WiMax ou
satélite, para todos os seus usuários até o final de 2007.

Combinadas, as áreas de atuação da AT&T e da BellSouth cobre grande parte do
sul, meio-oeste e sudoeste dos Estados Unidos.

Alguns defensores da neutralidade da rede elogiaram o comportamento da FCC
em segurar a fusão até que a AT&T oferecesse novas concessões àquelas
propostas em outubro último.

Associação de consumidores também elogiaram o comportamento da AT&T's,
especialmente no que diz respeito ao corte de preços.

"A concessão pode criar pressão em todos os provedores de internet para
manter os preços baixos", disse Gene Kimmelman, vice-presidente da Consumers
Union.
*Grant Gross é editor do IDG News Service, em Washington.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a