Tem razão, que prendam os dois. Mas ela é brasileira, e pode, se solicitado,
ser processada em território nacional a pedido. Estou por fora do direito,
inclusive internacional, mas tem algo assim, que me corrijam os que souberem
que estou errado.

Ada, minha opinião sincera: um amigo do namorado deve ter feito aposta que
ele não "fazia" com a Dani, e ficou escondido filmando. O que era para ser
"inocente" (não há inocência aí, mas quero dizer uma "brincadeira" ou algo
de extremo mal gosto) acabou vazando. Afinal de contas, gastar a tarde
filmando alguém, é porque sabe que vai acontecer algo.

É como se diz hoje em dia: deu bobeira, acreditou, caiu na net.

Lamento por sua família ter/estar passando por isso.

Um abc e bom retiro. ;-) (também preciso um...)


2007/1/7, Ada Lemos <[EMAIL PROTECTED]>:

Pablo,

A Dani estava na Espanha e não aqui no Brasil, onde se prende por atentado
ao pudor.
De mais a mais, ela nada fez sozinha, ela fez algo em conjunto com o
namorado, porque certas coisas só se faz a dois. Por que só de fala na
MULHER e não se fala no casal??
Por que é mulher???Homem pode se expor??fazer e acontecer???
A MULHER, qtas vezes, foi julgada, negativamente, pelo ato masculino de
estupro!!!!!
Toda a ira é só dirigida à Daniella.
Como disse em outro texto e-mail, não vou aqui na lista ficar defendendo a
Dani e ou dando-lhe chamadas se for o caso.
Aqui quero e vou discutir é somente sobre a decisão do desembargador de
SP, da sua execução e tudo o mais q tiver a ver com tal e se a Daniella é
co-autora da ação com a namorado e de que temos de fazer tudo, dentro da lei
e do que é justo, para assegurar liberdades de expressão com
responsabilidade devida, e tudo o mais q tem a ver cm direitos nesta área,
tb deveres.
Sempre brigarei pelas LIBERDADES
Ada


 On 1/7/07, Pablo Sánchez <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
>
> De boa, ela não deveria ser presa por atentado público ao pudor, e ainda
> por cima haverem provas?
>
> Em 07/01/07, Omar Kaminski <[EMAIL PROTECTED] > escreveu:
> >
> > Pelo que vi também no G1, a decisão estava confusa, o advogado ao
> > invés de
> > entrar com embargos de declaração pedindo que fosse explicada melhor,
> > provavelmente pediu imediata expedição de ofício para cumprimento e
> > saiu
> > distribuíndo para as telecoms e grandes provedores.
> >
> > Pelo visto só a BRT cumpriu até agora - bloqueando todo o acesso ao
> > YouTube,
> > e se não foi por isso é uma enorme coincidência.
> >
> > Entendo que a moça se sentiu violada, está no seu direito e deve
> > exercê-lo.
> > Mas são iniciativas e decisões desastradas como essas que podem acabar
> > com a
> > Internet como conhecemos.
> >
> > Primeiro, todo mundo que quis já viu o vídeo. Quem não viu vai querer
> > ver, e
> > ainda há milhares de locais para conseguí-lo. Publicidade gratuita.
> >
> > Segundo, seria praticamente impossível tirar o vídeo da Internet
> > inteira, ou
> > as fotos dele derivadas.
> >
> > Terceiro, como já colocado, pode-se usar proxy. E aqui reside outro
> > problema. Tudo indica que é uma atitude legal utilizar o proxy para
> > acessar
> > o YouTube, visto que o vídeo já foi tirado do ar de lá, ou era essa
> > que
> > deveria ter sido a medida esperada.
> >
> > Não tive acesso à decisão ainda, mas acredito que tenho o direito de
> > continuar acessando o YouTube para visualizar quaisquer outros
> > conteúdos.
> > Mas desse jeito, não duvido que daqui a pouco apareça alguém dizendo
> > que
> > usar proxies é ilegal...
> >
> > Vamos ter que aguardar um pouco mais para saber melhor o que está
> > ocorrendo.
> >
> > []s
> >
> >
> >
> > ----- Original Message -----
> > From: Ada Lemos
> > To: Projeto Software Livre BRASIL
> > Sent: Sunday, January 07, 2007 10:14 AM
> > Subject: Re: [PSL-Brasil] You Tube bloqueado na Brasil telecom.
> >
> >
> > Ufa,
> >
> > Realmente, vou procurar saber qual é a decisão judicial sobre este
> > caso, mas
> > pelo q vi antes pelo G1 do Globo, era exclusivo para ser retirado o
> > que
> > tange à Daniella
> > Não ao site inteiro
> > Ada
> >
> >
> > On 1/6/07, Ufa <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> > Aqui em Brasília não se acessa mais. Não é um absurdo cercearem a
> > liberdade
> > da população em nome de apenas uma pessoa (que fez algo errado)?
> >
> > mais informações:
> > http://br-linux.org/linux/bloqueio-do-youtube-video-cicarelli
> >
> > Como passar pelo bloqueio:
> > http://br-linux.org/linux/bloqueio-como-acessar-youtube-censurado
> >
> >
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> > http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
> >
> >
> >
> >
> >
> >
> >
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> > http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
> >
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> > http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
> >
>
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>
>
>

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a