O problema não é nem o advogado, a função dele é essa mesmo. O juiz e os provedores sim, estão nos bloqueando a liberdade de assistir e divulgar informações, entertenimento e cultura desse meio de comunicação. Se deixarmos barato assim, esse caso será o primeiro de muitos bloqueios. Garanto que existem advogados com motivos de sobra pra pedir bloqueio do google, wikipedia e outros sites que permitem a liberdade de expressão, se esse caso servir de referência.
Retrocesso a liberdade não podemos aceitar.
Eustaquio Guimaraes escreveu:
Ola Gustavo, funcionou perfeitamente e a lista de enderecos para proxy do site - http://www.proxy-server.info./proxy-server-list.shtml - estão otimos. E se alguem ainda quiser dar a sua opinião pessoal para o advogado da "moça" que não gostou das suas cenas "publicas" divulgadas, podem utilizar o site da empresa dele - http://www.dffr.com.br/ - ou o email pessoal - [EMAIL PROTECTED] <mailto:[EMAIL PROTECTED]>


Abraços.



Em 06/01/07, *Gustavo Melo* <[EMAIL PROTECTED] <mailto:[EMAIL PROTECTED]>> escreveu:


    Ví essa notícia hoje no Br-Linux. Quem puder repassar , divulgar ,
    agradeço. CENSURA NUNCA MAIS!

    Furando o bloqueio: como acessar o YouTube censurado
    Publicado em Sáb, 2007-01-06 13:30 :: regulação | Destaque | Governos

    Furar o bloqueio do Youtube é fácil e plenamente legal.

    Devido a uma decisão judicial divulgada recentemente, alguns
    provedores do Brasil já começaram a bloquear o Youtube devido ao vídeo
    da Cicarelli. Segundo manifestações do juiz do caso divulgadas pela
    imprensa, entretanto, este bloqueio ao Youtube como um todo não está
    determinado na sentença, que mandaria apenas bloquear o acesso ao
    vídeo do casal.

    Mas desde a madrugada de sábado, usuários de diversos provedores
    (temos relatos especialmente de usuários de ADSL do sul do Brasil)
    perceberam que seu acesso ao site Youtube estava completamente
    bloqueado, indo muito além da intenção e da própria letra da sentença,
    segundo seu próprio juiz.

    Se o YouTube estiver bloqueado no seu provedor, trata-se de uma medida
    puramente técnica, e a não ser que o seu contrato com o provedor
    preveja esta situação, não há nada de ilegal em furar o bloqueio ao
    Youtube, contornando-o - já que a sentença judicial não determina este
    bloqueio ao site como um todo, mas sim ao vídeo. Mas nada de assistir
    ao vídeo, pois este está mesmo proibido!

    Veja os screenshoots e explicações completas em :
    http://br-linux.org/linux/bloqueio-como-acessar-youtube-censurado

    **************************************************
    8º Fórum Internacional De Software Livre - fisl8.0
    12, 13 e 14 de abril de 2007 - www.fisl.org.br
    <http://www.fisl.org.br>
    O maior evento de T.I no Brasil!!!
    Centro de Eventos da FIERGS
    Porto Alegre, RS, Brasil
    **************************************************





    -------------------------------------------------------------
    Associacao Software Livre.Org - http://www.softwarelivre.org/

    _______________________________________________
    PSL-Brasil mailing list
    PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
    <mailto:PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
    http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
    <http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil>
    Regras da lista:
    http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil


------------------------------------------------------------------------

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a