Oi Ada, lembrando um post anterior que traduzimos por aqui na GenCat...

Em Qua, 2007-01-10 às 13:12 -0200, Ada Lemos escreveu:
> Senadores dos EUA recolocam projeto sobre neutralidade na internet

> 
> 
> http://computerworld.uol.com.br/comunicacoes/2007/01/10/idgnoticia.2007-01-10.0634012660/IDGNoticia_view
> 

"Neutralidade da Internet é o seguinte: (segundo o criador da WWW)

    Se eu pagar para ligar-me à Internet com determinada qualidade de
serviço, e você pagar uma ligação com um nível de serviço igual ou
superior, então podemos comunicar nesse nível.

É tudo. Cabe aos prestadores de serviços de acesso à Internet garantir a
interoperabilidade de forma a que isso aconteça.

Neutralidade da internet NÃO é pedir internet grátis.

Neutralidade da internet NÃO quer dizer que não se deva pagar mais
dinheiro por uma qualidade de serviço elevada. Sempre o fizemos e sempre
o faremos.

Tem-se insinuado que não necessitamos legislação, já que antes não
existia. Não faz sentido, porque, na verdade, tivemos neutralidade da
internet no passado- só recentemente assistimos a ameaças realmente
claras.

O controlo da informação é imensamente poderoso. Nos EUA, a ameaça
deve-se ao facto das empresas poderem controlar as páginas onde entro
por razões comerciais. (Na China, o controlo é feito pelo governo por
razões políticas). Há um incentivo imediato muito considerável para que
uma empresa se apodere do controlo da distribuição de televisão pela
Internet, embora isso seja contrário aos interesses do sector a longo
prazo.

Sim, regulamentação para manter a Internet aberta não deixa de ser
regulamentação. Geralmente a Internet dá-se bem com a falta de
regulamentação. No entanto, alguns valores fundamentais devem ser
garantidos. Por exemplo, o Sistema de Mercado ancora-se na
impossibilidade de fotocopiar dinheiro. A Democracia depende da
liberdade de expressão. A liberdade de ligação à rede, com qualquer
programa, a qualquer sítio, é a base social fundamental da Internet, e,
presentemente é suporte da sociedade.

Veremos se os Estados Unidos da América são capazes de agir em sintonia
com os seus valores mais fundamentais, ou se, como muitos dizem, são
guiados pelos ilusórios interesses de curto prazo das grandes empresas.

Espero que o Congresso possa proteger a neutralidade da Internet, de
modo a que eu possa continuar a inovar no ciberespaço. Quero ver a
explosão de inovações na Rede, tão variada e tão emociontante, continuar
de vento em popa. 

Tim Berners-Lee "


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a