Mais um pouco da repercussao sobre o estudo...

O software livre será a plataforma para 32% dos serviços de Tecnologias
da Informação em 2010
http://www.noticias.com/noticia/software-libre-sera-plataforma-32-servicios-tecnologias-informacion-2010-1i9.html
Fuente: Noticias.com (España)

Esta tecnologia capta atualmente o 20% do investimento em
desenvolvimento de programas informáticos, tanto em Europa como em EEUU


22/01/07 - Sara Aguareles - Madrid

Os benefícios do software livre para melhorar a competitividade
empresarial já se podem medir com números e estatísticas, e confirmam
que esta tecnologia já não é uma corrente meramente acadêmica e
universitária. A Comissão Européia publicou um relatório em que se
avalia o impacto econômico desta tecnologia sobre o setor das
Tecnologias da Informação e a Comunicação (TIC) na UE. Entre as
conclusões, dados reveladores como a incidência do código aberto nos
custos de Investigação e Desenvolvimento, que podem reduzir-se até um
26% no caso da indústria do software.

Incluindo as infra-estruturas e serviços necessários para a criação,
intercâmbio e processamento dos serviços de informação e comunicação, o
mercado da Informação atinge atualmente o 10% do PIB na maioria de
países desenvolvidos da União Européia, e é responsável a mais do 50% de
seu crescimento econômico. Dentro deste mercado, o software livre pode
atingir em 2010 o 1,4% do PIB europeu, um 0,4% mais do que o dado atual,
e um 2,3% em EEUU, desde o 1,7% que representa hoje.

Estas são algumas das constatações do estudo do “Impacto Econômico do
Software Livre e de Código Aberto na Inovação e na Competitividade do
Setor de Tecnologias da Informação e Comunicação na União Européia”,
elaborado por diversas universidades como encomenda da Comissão
Européia.

Segundo Marcelo d’Elia Branco, consultor de tecnologia para a Sociedade
da Informação, “este estudo revela, de forma mais sistemática, o que
vários atores da comunidade software livre vinham falando faz muito
tempo: esta tecnologia não é um software não comercial, senão, ao invés,
é a ponta de lança de um novo modelo de negócios, e de uma nova forma de
produção própria da era da informação”.

O uso do Software Livre se duplicou cada 24 meses durante os últimos
oito anos

A importância do software no desenvolvimento do setor TIC

O relatório revela que “o software será um dos elementos chaves para
determinar o peso das TIC's na economia”. Neste contexto, a Comissão
Européia conclui que “a modalidade de software de código aberto pode
afetar potencialmente de uma maneira muito importante à estrutura,
competitividade, e resultados da indústria TIC” em Europa.

Mas há alguns experts, como d’Elia Branco, que vão além desta conclusão,
e que afirmam que o software livre “é a superação positiva do modelo de
produção de software da era industrial, que redundou na hegemonia e no
monopólio do software proprietário”.

Sem ir tão longe, o estudo da Comissão Européia revela que dentro de tão
só três anos, o software livre será a base tecnológica para um 32% dos
serviços de Tecnologias da Informação.

A importância estratégica deste modelo tecnológico, cujo uso se foi
duplicando cada 18 ou 24 meses durante os últimos oito anos, pode pôr em
xeque, a médio prazo, às empresas que baseiam sua tecnologia no código
privativo.

(traduçao + ou - Marcelo)

Em Qui, 2007-01-18 às 10:21 +0100, Marcelo D'Elia Branco escreveu:

> Comissão Europeia: novo relatório sobre o impacto do software livre na
> Europa
> Editoria: Comunidade
> 14/Jan/2007 - 07:43
> 
> http://portal.softwarelivre.org/news/8262
> Veja aqui uma super-condensação, em português, deste extenso relatório
> feita por Paulo Vilela da Sun Microsystems - Portugal.


Software livre faz bem para a economia, diz UE 
(original em Português no Terra Brasil)
http://tecnologia.terra.com.br/interna/0%2c%2cOI1352925-EI4801%2c00.html
Agora, os legisladores deverão corrigir as políticas que implícita ou
explicitamente favoreçam o uso do software proprietário.



> 
> 
> Em Qua, 2007-01-17 às 17:34 -0200, Alexandre Pesserl escreveu: 
> 
> > http://politics.slashdot.org/article.pl?sid=07/01/17/0113235&from=rss
> > 
> > "The European Commission's enterprise and industry department has just
> > released the final draft of what could be the biggest academic
> > interdisciplinary study on the economic / innovative impacts of
> > free/libre/open source software (1.8-MB PDF). The study was done by an
> > international consortium led by the United Nations University /
> > University of Maastricht. The lead researcher, Rishab Aiyer Ghosh, has
> > overseen a large volume of FLOSS studies in the last few years,
> > including ones on FLOSS policies and worldwide FLOSS adoption. This
> > academic-grade study has a very broad scope and has collected
> > real-world information that is valuable for both companies and
> > government bodies thinking about migration. The study is about the
> > economic impact of FLOSS, not excluding the hidden indirect impact. It
> > compares scenarios of open and proprietary software futures of Europe.
> > The study looks at the FLOSS's competitiveness compared to proprietary
> > software and also provides a few TCO comparison case-studies."
> > 
> > 
> > Da conclusão do estudo:
> > 
> > "Our findings show that, in almost all the cases, a transition toward
> > open source reports of savings on the long term costs of ownership of
> > the software products."
> > 
> > 
> > "Our findings report no particular delays or lost of time in the daily
> > work due to the use of OpenOffice.org."
> > 
> > []s!
> > 


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a