On 2/5/07, Pablo Sánchez <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
Então melhor pedirmos para o pessoal que faz o Debian, que fa o Ubuntu, que
faz o Mandriva, que faz o linux que for, que se responsabilize também pelas
vendas casadas.

Seu argumento é falho, me desculpe, mas é. Pois se for por venda casada,
temos um monte de máquinas vendidas hoje com Linux. E agora?

Se a venda for casada obrigatória, a produtora do GNU/Linux tb é
responsável. Sou contra a venda casada de qualquer produto. Tenho a
opção de não comprar tal OS na aquisição de meu micro.

Se sou obrigado, pois hoje sou, a comprar da Microsoft o Windows, está
é responsável.

Além do que para cada novo Windows, preciso de um micro novo. E para
um novo micro não preciso de um novo Window, mas sou obrigado a
compra-lo.

É o mesmo que querer culpar uma estação de rádio por começar a transmitir
com surround sound enable plus turbo hyper wave sei lá o que mais, o que
forçaria as pessoas a terem um som melhor para poder desfrutar corretamente
todos esses recursos... A rádio seria culpada por todo o lixo decorrente da
substituição das rádios?

Pegando a tv digital, sim acho que as distribuidoras e produtoras de
conteúdo são responsáveis. Pois se beneficiam, lucram com o novo
formato, parte da receita deve ser utilizada para armazenamento do
lixo produzido.

Abçs,

Zandre.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a