Bem como faço parte do ramo de educação queria apenas tentar defender a
Mandriva.
Quando criamos um curso temos que criar um conteúdo, uma formação, um
processo, material didático, perfil de entrada e saída. é algo muito
trabalhoso. Geralmente se tiver algo bem feito, como é o caso da Mandriva
fica mais fácil ser implantado.
Eu conheço o material da Mandriva e é muito bom. Tem um processo de
formação bem coerente o que poupa e muito o trabalho de educadores.
Mas se alguém se propor criar, manter testar um processo de educação livre
bem como material didático disponibilizando para outras faculdades e
entidades fiquem a vontade, a Microsoft, Oracle, CISCO fazem isso muito
bem. Pelo menos Mandriva é uma das poucas entidades que sobrevive em
Software Livre. Eu conheço outras 5 mas não tão organizadas.
Bem podemos também ter cursos genéricos que ensinam tudo (que pode acabar
sendo nada). As vezes o pessoal tem que fazer outros cursos para poder
ganhar uma profissão ou estudar por conta própria.

Resumindo: O melhor seria um curso genérico mas com foco em preparação para
o mercado, se não tiver eu não acho nada errado fazer Mandriva. Acharia
errado fazer Microsft pois o cara teria que piratear para usar em casa para
estudar ou trabalhar em pequenas empresas.


Marcus




Aliás, já há tempos que há muito mais críticas e reclamações do que elogios

e referências positivas a quem está ao menos tentando fazer alguma
diferença.

[]s


----- Original Message -----
From: "Ricardo L. A. Banffy" <[EMAIL PROTECTED]>
To: "Projeto Software Livre BRASIL" <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
Sent: Wednesday, February 07, 2007 3:40 PM
Subject: Re: [PSL-Brasil] Olha esta:Faculdades podem ter cursos de Linux
daMandriva Conectiva na grade


>É um passo na direção certa.
>
> Criticar com base no artigo do IDG é, na melhor das hipóteses,
> precipitado.
>
> Se criticarmos demais, chega a MS, dá um troco na mão da instituição de
> ensino e coloca os produtos dela na grade. É isso que vocês querem?
>
> Então, por favor, elogiem quem ensinar algum FLOSS nos seus cursos, mesmo

> que seja Mandriva ou Red Hat. Tudo bem que a criança enfiou o garfo no
> olho, mas, pelo menos, está tentando usar os talheres.
>
> Marcelo D'Elia Branco wrote:
>> Em Qua, 2007-02-07 às 11:47 -0200, Ada Lemos escreveu:
>>> Faculdades podem ter cursos de Linux da Mandriva Conectiva na grade
>>
>> ué...faculdades ensinando uma marca de uma empresa?
>>
>> isso é contraditório com nosso projeto.
>>
>> entendo que os cursos devem ser genéricos sobre software livre...e nao
>> sobre um produto de SL de uma empresa especifica...seja ela empresa de
>> SL ou de SP.
>>
>> Marcelo
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil





_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a