On Feb 25, 2007, "Felipe Augusto van de Wiel (faw)" <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

>       Além disso, o ideal é que a lista respeite a opção do
> remetente, por isso, você pode definir o reply-to: como sendo
> a própria lista,

Ou, mais estranho ainda, eu defino Reply-To: pra um outro endereço meu
(por exemplo, porque sei que o endereço de onde estivesse mandando
fosse estar indisponível por algum tempo).  Aí o desavisado leitor da
lista, mal-acostumado com o "Responder ao remetente" ir pra lista,
acaba mandando resposta em privado, em vez de mandar pra lista como
gostaria.  Eu, supondo intenção e inteligência do interlocutor, nem
questiono e respeito a decisão acidental e sigo em privado.  Quem
ganha?  Quem perde?

>       Sim, e isso seria considerado ruim por alguns e muito
> bom por outros. De um jeito ou de outro, é melhor incorporar
> o hábito de verificar pra quem a resposta está sendo endereçada.

E se acostumar a pedir pro seu programa fazer o que você quer que ele
faça, ao invés de se valer de cozinhadas em outro lugar que acabam
quebrando a semântica esperada.

-- 
Alexandre Oliva         http://www.lsd.ic.unicamp.br/~oliva/
FSF Latin America Board Member         http://www.fsfla.org/
Red Hat Compiler Engineer   [EMAIL PROTECTED], gcc.gnu.org}
Free Software Evangelist  [EMAIL PROTECTED], gnu.org}
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a