> BTW, qtos às preferências pessoais, eu realmente gostaria q todo o
> conhecimento (científico) do mundo fosse livre e q todos pudessem
> dispor dele em prol da Humanidade. Coisa de quem teve infância
> trekker. Aliás, isso contraria as regras do SL, já q impedir q algo
> seja usado para propósitos malignos vai contra a liberdade 0 ("rodar
> o programa para qqr propósito"). rsrsrsrs
>
> O correto não seria, NÃO vai contra as regras do SL? :-)

Não. Eu restringi no início do parágrafo q o conhecimento fosse usado
em prol da Humanidade. Esse tipo de restrição contraria a liberdade 0
do SL.


Ops, desculpe! Você tem razão.



> Ôpa, agora eu concordo e acrescento: ... não são porque não é
> necessário... :-)

Discordo, pois reluto em enxergar o SL como mero implementador de
tecnologias proprietárias.


Não foi isso que eu disse. Vamos voltar a sua afirmação original:

"Voltado à inovação e o SL, eu diria q *hoje* o Software Livre é uma
forma inovadora de produzir coisas q muitas vezes não o são . . . Taí
algo interessante para elaborar no blog . . . :-)"

Eu complemento com: ...e quando não são inovadoras é porque não é necessário
que sejam. E isso está totalmente de acordo com a maneira como o software
livre é desenvolvido.

Veja que eu estou apenas dizendo que quase sempre é desnecessário reinventar
a roda!

Abraço,

--
ASF <[EMAIL PROTECTED]>
http://antoniofonseca.wordpress.com/
<http://wiki.ubuntubrasil.org/ComeceAqui>
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a