Segundo consta, ele tbém fez uma looonga defesa da SCO em um keynote em um evento. Chegou a chamar o Groklaw de site de FUD anti-SCO . . . Isso em 2004.

De qqr forma, o problema não é o cara, é o argumento. Hj é um notório anti-Linuxer (embora seja colunista do LinuxInsider - se bem q não sei se isso é positivo ou negativo), amanhã um jornalista qqr da Carta Capital, por explo . . .


Então, como demonstrar q o argumento (independente de quem esteja falando) está incorreto?

[ ]s,

olival.junior

Em 14/03/2007, às 01:11, Ufa escreveu:

Esse autor é aquele que semana passada (acho) falou 5 fuds sobre o Linux em um artigo?
Ele é uma versão piorada do Dvorak...
O NYT parece que percebeu isso e chutou ele, mas não sei quanto ocorreu

Ufa



Em 13/03/07, Olival Gomes Barboza Júnior <[EMAIL PROTECTED]> escreveu: Lembram qdo eu enviei uma reportagem da Carta Capital "detonando" a
Wikipedia e disse q logo, logo seria a vez do Software Livre? Pois
bem, ainda não chegou na Carta Capital, mas no site LinuxInsider saiu
uma coluna com o seguinte título: "Wikipedia Discredits Open Source,
Data Tsunami and the Lenovo Laptop Phone", assinada pelo Rob Enderle
(leiam em http://www.linuxinsider.com/story/WyfaObbehvKPXq/Wikipedia-
Discredits-Open-Source-Data-Tsunami-and-the-Lenovo-Laptop- Phone.xhtml )

O argumento dele é q o velho mote "with enough eyeballs all bugs are
shallow" é falho, já q nem todos teriam as competências necessárias
para efetivamente prover uma boa revisão ao código. Assim, toda a
confiança na segurança superior do Software Livre pela sua natureza
aberta seria furada, já q a única forma de vc realmente garantir q o
software é seguro seria contratando alguém com credenciais q
garantissem sua capacidade de revisar o código.

Ele faz referência a um artigo antigo do Nicolas "IT is useless" Carr
onde este critica fortemente toda a onda de conteúdo gerado pelos
usuários típica da Web 2.0 (seja lá o q vc entenda por Web 2.0),
levantando a bandeira de q há um desprezo pelo conteúdo profissional
e uma glorificação do amador. Igualzinho à crítica na reportagem da
Carta Capital.

Em suma, pegando carona nos furos da Wikipedia (e desprezando
completamente seus méritos), o Rod Enderle acaba estendendo as
críticas ao modelo colaborativo da enciclopédia online à produção de
Software Livre. Acreditar q programas livres são mais seguros e
confiáveis por sua própria natureza seria "wishful thinking" para o
autor.

E aí? Algo do q ele falou encontra eco nas idéias de alguém por aqui?

[ ]s,

olival.junior______________________________________________ _
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/ RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/ RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a