Para falar sobre qualquer assunto é desejável conhecimento de causa e experiência.

Um curso de Direito dura pelo menos 5 anos. Após, para ter a carteirinha e ser advogado é preciso fazer e passar na prova da OAB. Mesmo que não passe, ou não se torne advogado (sem a carteirinha você não é um), pode-se falar sobre assuntos jurídicos, pode ser juiz, promotor, professor. Só não pode advogar. Mas é bom frisar que não há a cadeira de direitos autorais nas faculdades, pelo menos ainda não. E deveria ter, especialmente em tempos de internet.


Ou seja, há diversas pessoas que fizeram Direito, continuam estudando, fazem palestras e escrevem livros mas não advogam nem tem a carteirinha. E há acadêmicos que palpitam em ações e procedimentos sem nunca terem advogado.

[]s


----- Original Message ----- From: "Alexandre Oliva" <[EMAIL PROTECTED]>
To: "Omar Kaminski" <[EMAIL PROTECTED]>
Cc: "psl-brasil" <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
Sent: Saturday, March 17, 2007 1:47 AM
Subject: Re: [PSL-Brasil] [total OT] Ministravestecalça em plenária do STF equebra tabu


On Mar 16, 2007, Omar Kaminski <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

Tem razão. Também não precisa ser programador pra falar de software
livre.

Ainda que a simetria não se verifique (não há paralelo para a OAB no
mundo do Software Livre, ninguém precisa de carteirinha), a conclusão
é de fato correta.


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a