Vinícius,

d'acord amb tot!!! (concordo com tudo)

Marcelo

Em Qua, 2007-03-21 às 11:36 -0300, mvbsoares escreveu:
> Caros colegas,
> 
> Li a tradução do texto apontado no assunto (preguiça e falta de tempo de ler 
> o texto em francês...) e tenho algumas observações sobre o que está escrito 
> abaixo:
> 
> Um dos primeiras reunioes será de «definir métodos,processos de
> desenvolvimento e modelos econômicos que facilitarão o desenvolvimento do 
> software livre no meio industrial».
> 
> Algumas perguntas:
> 
> a) para quê gastar tempo em "definir métodos,processos de desenvolvimento", 
> se eles já existem ? Refiro-me ao modelo de desenvolvimento BAZAR que JÁ É 
> UTILIZADO pelos desenvolvedores de sofwtare livre; Talvez o que falte seja 
> DOCUMENTAR OS RESULTADOS. 
> 
> b) para quê gastar tempo em "definir ... modelos econômicos que facilitarão o 
> desenvolvimento do software livre" se tal modelo econômico já existe e é o 
> modelo de SERVIÇOS. Talvez seja a velha dicotomia PRODUTO x SERVIÇO atacando 
> novamente. Se me permitem, vou citar meu artigo novamente: "SCO x IBM: o que 
> está em jogo ?" em http://www.comciencia.br/200406/reportagens/15.shtml
> 
> c) por fim, a expressão "no meio industrial" traz uma carga semântica que não 
> ajuda muito: operários, máquinas, atividades mecânicas, chefia, limites 
> espaciais e temporais, etc, e, por fim, CATEDRAIS. Sim, CATEDRAIS. PRODUTOS 
> feitos dentro  de organizações fechadas, ou, como o professor Ole Hanseth 
> descreve:  
> 
> "in short: I[nformation] S[ystems] methodologies aim at developing a *closed 
> system* by a *closed project organization* for a *closed customer 
> organization* within a *closed time frame*."
> 
> Traduzindo (para os preguiçosos como eu ;-):
> 
> "resumindo: metodologias para sistemas de informação têm o objetivo de 
> desenvolver um *sistema fechado* por meio de um *projeto organizacional 
> fechado* para uma *organização-cliente perfeitamente delimitada* dentro de um 
> *intervalo de tempo fechado*.
> 
> Para quem quiser ler o artigo todo:
> 
> Hanseth, O., (2002), “From Systems and Tools to Networks and Infrastructures 
> – From Design to Cultivation. Towards a Theory of ICT Solutions and its 
> Design Methodology Implications.” Disponível em 
> http://heim.ifi.uio.no/~oleha/Publications/ib_ISR_3rd_resubm2.html>. Acesso 
> em: 10 jan. 2007.
> 
> Estamos na Sociedade da Informação, na qual as palavras-chave são: 
> empreendedores, liberdade, redes sociotécnicas, computação, ausência de 
> limites espaciais e temporais, liderança, isto é, BAZARES. 
> 
> Muitos BAZARES. E *objetivos comuns*. 
> 
> Estamos na era da *Propriedade Comum*. Apontem no AdaDigital: 
> "O Software Livre e o emergir da Propriedade Comum"
> http://adadigital.net/index.php?option=com_content&task=view&id=19&Itemid=2
> 
> Por isso minhas perguntas.
> 
> Fortes abraços a todos e desculpem-me o email longo.
> 
> Agradeço desde já às críticas e sugestões ;-)
> 
> Marcus Vinicius
> "Havendo suficientes colaboradores,
> Qualquer problemas é passível de solução"
> Eric S. Raymond
> A Catedral e o Bazar
> 
> "A melhor causa é sempre a próxima"
> Evandro Lins e Silva
> 
> > enviar inscrições da lista de discussão Send PSL-Brasil para 
> >     psl-brasil@listas.softwarelivre.org
> > 
> > Para se cadastrar ou descadastrar via WWW, visite o endereço
> >     http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > ou, via email, envie uma mensagem com a palavra 'help' no assunto ou
> > corpo da mensagem para 
> >     [EMAIL PROTECTED]
> > 
> > Você poderá entrar em contato com a pessoa que gerencia a lista pelo
> > endereço
> >     [EMAIL PROTECTED]
> > 
> > Quando responder, por favor edite sua linha Assunto assim ela será
> > mais específica que "Re: Contents of PSL-Brasil digest..."
> > 
> > 
> > Tópicos de Hoje:
> > 
> >    1. OT: L'Europe, le Brésil       et la Chine unissent    leurs forces
> >       autour des logiciels libres (Marcelo D'Elia Branco)
> >    2. Re: OT: L'Europe, le Brésil   et la Chine     unissent leurs
> >       forces autour des logiciels libres (Marcelo D'Elia Branco)
> >    3. MS, governo e integração com outras plataformas . . .
> >       ( Olival Gomes Barboza Júnior )
> >    4. Re: MS, governo e integração com outras plataformas . . .
> >       ([EMAIL PROTECTED])
> >    5. Re: 'Moderação' da lista (Eduardo Costa Lisboa)
> >    6. scripts para o orca  (Milton)
> > 
> > 
> > ----------------------------------------------------------------------
> > 
> > Message: 1
> > Date: Tue, 20 Mar 2007 17:06:06 +0100
> > From: Marcelo D'Elia Branco <[EMAIL PROTECTED]>
> > Subject: [PSL-Brasil] OT: L'Europe, le Brésil       et la Chine unissent
> >     leurs forces autour des logiciels libres
> > To: PSL - Brasil <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>, Coordenação
> >     Software livre  <[EMAIL PROTECTED]>
> > Message-ID: <[EMAIL PROTECTED]>
> > Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1
> > 
> > (Francès i Català) 
> > 
> > http://www.zdnet.fr/actualites/informatique/0,39040745,39367950,00.htm?xtor=RSS-1
> > 
> > (Francès)
> > L'Europe, le Brésil et la Chine unissent leurs forces autour des 
> > logiciels libres
> > Par la rédaction
> > ZDNet France
> > 19 mars 2007
> > 
> > 
> > Vingt et un acteurs des NTIC basés en Europe, Brésil et Chine lancent 
> > l'initiative QualiPSo. Son objectif: faire du logiciel libre un moteur 
> > de croissance industriel. Plus précisément, QualiPSo est une 
> > "plate-forme qualité", un cadre technique, juridique et commercial que 
> > vont respecter les sociétés membres.
> > 
> > Il sera la garantie de «logiciels libres sûrs, économiques et souples» 
> > avec «le même niveau de fiabilité que celui proposé par les logiciels 
> > propriétaires». Un des premiers chantiers sera de «définir des méthodes, 
> > des processus de développement et des modèles économiques qui 
> > faciliteront le déploiement du logiciel libre en environnement industriel».
> > 
> > Les fondateurs de cette initiative estiment ainsi que QualiPSo permettra 
> > de «susciter la confiance» et ainsi «d'accélérer le développement du 
> > logiciel libre».
> > 
> > Parmi les membres, les acteurs français sont bien représentés avec Bull 
> > (chargée de la communication autour de QualiPSo), Mandriva, la 
> > Gendarmerie nationale ou l'Inria.
> > 
> > --------------------------------------
> > (català amb tradutor de la Generalitat de Catalunya)
> > -------------------------------------
> > Europa, el Brasil i la Xina uneixen les seves forces al voltant dels
> > programaris lliures
> > Per la redacció
> > ZDNet França
> > 19 marços de 2007
> >        
> >     
> > Vint-i-un actors dels NTIC basats a Europa, el Brasil i la Xina llancen
> > la iniciativa QualiPSo. El seu objectiu: fer del programari lliure un
> > motor de creixement industrial. Més precisament, QualiPSo és una
> > "plataforma qualitat", un marc tècnic, jurídic i comercial que
> > respectaran les societats membres. 
> > 
> > Serà la garantia de «programaris lliures segurs, econòmics i flexibles»
> > amb «el mateix nivell de fiabilitat que aquell proposat pels programaris
> > propietaris». Un dels primers tallers serà de «definir mètodes,
> > processos de desenvolupament i models econòmics que facilitaran el
> > desplegament del programari lliure en medi ambient industrial».
> > 
> > Els fundadors d'aquesta iniciativa estimen així com QualiPSo permetrà
> > «suscitar la confiança» i així «d'accelerar el desenvolupament del
> > programari lliure». 
> > 
> > Entre els membres, els actors francesos són ben representats amb Bull
> > (encarregada de la comunicació al voltant de QualiPSo), Mandriva, la
> > Gendarmeria nacional o l'Inria.
> > 
> > 
> > 
> > 
> > -------------------------------------
> > -- 
> >                          Marcelo D'Elia Branco
> > 
> >    International Network of Public Administrations for Free Software
> >                  www.lafarga.org/xarxa/en/presentation
> >                      Projeto Software Livre Brasil
> >                          www.softwarelivre.org
> > 
> > 
> > 
> > ------------------------------
> > 
> > Message: 2
> > Date: Tue, 20 Mar 2007 17:21:34 +0100
> > From: Marcelo D'Elia Branco <[EMAIL PROTECTED]>
> > Subject: [PSL-Brasil] Re: OT: L'Europe, le Brésil   et la Chine
> >     unissent leurs forces autour des logiciels libres
> > To: PSL - Brasil <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> > Cc: Coordenação Software livre      <[EMAIL PROTECTED]>
> > Message-ID: <[EMAIL PROTECTED]>
> > Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1
> > 
> > (Português mais ou menos)
> > 
> > Só nao sei quais sao os membros brasileiros, alguém sabe?
> > 
> > e essa frase: "Será a garantia de «software livre seguro, econômico e
> > flexível» com «o mesmo nível de fiabilidade que aquele proposto pelo
> > software proprietário»."  tá braba...parece o discurso daquele cara do
> > Banco do Brasil no FISL 6...
> > 
> > marcelo
> > 
> > 
> > ---------------------------------
> > Europa, o Brasil e a Chinesa unem suas forças em torno do software livre
> > 
> > Pela redação ZDNet
> > França 19 março de 2007.
> > 
> > Vinte um atores dos NTIC baseados na Europa, no Brasil e na China lançam
> > a iniciativa QualiPSo.
> > Seu objetivo: fazer do software livre um motor de crescimento
> > industrial. Mais precisamente, QualiPSoé uma "plataforma qualidade", um
> > marco técnico, jurídico e comercial que respeitarão as sociedades
> > membross.
> > 
> > Será a garantia de «software livre seguro, econômico e flexível» com «o
> > mesmo nível de fiabilidade que aquele proposto pelo software
> > proprietário».
> > 
> > Um dos primeiras reunioes será de «definir métodos,processos de
> > desenvolvimento e modelos econômicos que facilitarão o desenvolvimento
> > do software livre no meio industrial».
> > 
> > Os fundadores desta iniciativa estimam bem como QualiPSo permitirá
> > «suscitar a confiança» e assim «de acelerar o desenvolvimento do
> > software livre».
> > 
> > Entre os membros, os atores franceses são bem representados com Bull
> > (encarregada da comunicação em torno de QualiPSo),Mandriva, a
> > Gendarmería nacional ou o Inria.
> > 
> > Em Ter, 2007-03-20 às 17:06 +0100, Marcelo D'Elia Branco escreveu:
> > > (Francès i Català) 
> > > 
> > > http://www.zdnet.fr/actualites/informatique/0,39040745,39367950,00.htm?xtor=RSS-1
> > > 
> > > (Francès)
> > > L'Europe, le Brésil et la Chine unissent leurs forces autour des 
> > > logiciels libres
> > > Par la rédaction
> > > ZDNet France
> > > 19 mars 2007
> > > 
> > > 
> > > Vingt et un acteurs des NTIC basés en Europe, Brésil et Chine lancent 
> > > l'initiative QualiPSo. Son objectif: faire du logiciel libre un moteur 
> > > de croissance industriel. Plus précisément, QualiPSo est une 
> > > "plate-forme qualité", un cadre technique, juridique et commercial que 
> > > vont respecter les sociétés membres.
> > > 
> > > Il sera la garantie de «logiciels libres sûrs, économiques et souples» 
> > > avec «le même niveau de fiabilité que celui proposé par les logiciels 
> > > propriétaires». Un des premiers chantiers sera de «définir des méthodes, 
> > > des processus de développement et des modèles économiques qui 
> > > faciliteront le déploiement du logiciel libre en environnement 
> > > industriel».
> > > 
> > > Les fondateurs de cette initiative estiment ainsi que QualiPSo permettra 
> > > de «susciter la confiance» et ainsi «d'accélérer le développement du 
> > > logiciel libre».
> > > 
> > > Parmi les membres, les acteurs français sont bien représentés avec Bull 
> > > (chargée de la communication autour de QualiPSo), Mandriva, la 
> > > Gendarmerie nationale ou l'Inria.
> > > 
> > > --------------------------------------
> > > (català amb tradutor de la Generalitat de Catalunya)
> > > -------------------------------------
> > > Europa, el Brasil i la Xina uneixen les seves forces al voltant dels
> > > programaris lliures
> > > Per la redacció
> > > ZDNet França
> > > 19 marços de 2007
> > >        
> > >     
> > > Vint-i-un actors dels NTIC basats a Europa, el Brasil i la Xina llancen
> > > la iniciativa QualiPSo. El seu objectiu: fer del programari lliure un
> > > motor de creixement industrial. Més precisament, QualiPSo és una
> > > "plataforma qualitat", un marc tècnic, jurídic i comercial que
> > > respectaran les societats membres. 
> > > 
> > > Serà la garantia de «programaris lliures segurs, econòmics i flexibles»
> > > amb «el mateix nivell de fiabilitat que aquell proposat pels programaris
> > > propietaris». Un dels primers tallers serà de «definir mètodes,
> > > processos de desenvolupament i models econòmics que facilitaran el
> > > desplegament del programari lliure en medi ambient industrial».
> > > 
> > > Els fundadors d'aquesta iniciativa estimen així com QualiPSo permetrà
> > > «suscitar la confiança» i així «d'accelerar el desenvolupament del
> > > programari lliure». 
> > > 
> > > Entre els membres, els actors francesos són ben representats amb Bull
> > > (encarregada de la comunicació al voltant de QualiPSo), Mandriva, la
> > > Gendarmeria nacional o l'Inria.
> > > 
> > > 
> > > 
> > > 
> > > -------------------------------------
> > -- 
> > 
> > Marcelo D'Elia Branco
> > http://marcelo.softwarelivre.org
> > Descarregue pela Internet o livro
> > "A Sociedade em Rede: Do conhecimento à Acção Política"
> > 
> > 8è Fòrum Internacional de Programari Lliure de Porto Alegre
> > 13, 14 i 15 d'abril http://fisl.softwarelivre.org/8.0/
> > 
> > 
> > 
> > 
> > ------------------------------
> > 
> > Message: 3
> > Date: Tue, 20 Mar 2007 15:24:16 -0300
> > From: " Olival Gomes Barboza Júnior "       <[EMAIL PROTECTED]>
> > Subject: [PSL-Brasil] MS, governo e integração com outras plataformas
> >     . . .
> > To: "Projeto Software Livre BRASIL"
> >     <PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org>
> > Message-ID:
> >     <[EMAIL PROTECTED]>
> > Content-Type: text/plain; charset="windows-1252"
> > 
> > Saiu no TI & Governo: "De tudo o que a Microsoft fatura no Brasil, 8% vêm de
> > órgãos e empresas do governo. (...) informa Roberto Prado, gerente de
> > estratégias de mercado da Microsoft Brasil. 'Olhando os números no geral, o
> > discurso anti-Microsoft não chegou a ter influência nas vendas.' (...)
> > Roberto descobriu a natureza do seu trabalho: identificar quem quer
> > conversar e quem não quer conversar. Depois, é fazer acordos de cooperação e
> > de integração de sistemas com os criadores de software livre dispostos a
> > conversar. Só depois dos acordos, é viajar para fazer a propaganda de
> > acordos reais, em funcionamento, cujos resultados possam ser baixados da
> > Internet — de graça."
> > 
> > Além disso, "Em agosto de 2006, a Microsoft e a Unicamp montaram um
> > laboratório especializado na integração de Windows e de Linux, para que
> > sistemas de computação em grade (grid computing) funcionem com micros dos
> > dois tipos. A Microsoft paga os bolsistas.
> > Neste mês, a Microsoft assinou um acordo semelhante com a Universidade
> > Federal do Rio Grande do Sul."
> > 
> > E ainda vão "(...) trazer este ano para o Brasil o Projeto Oz, para que
> > estudantes de faculdades tenham acesso a uma versão do código-fonte do
> > Windows, e aprendam como ele funciona."
> > 
> > Finalmente, " Todo o resultado dessas iniciativas, seja software seja
> > documento, vai ser distribuído nos mesmos moldes do software livre: qualquer
> > um pode pegar, qualquer um pode mexer, qualquer um pode usar. O canal de
> > distribuição é o Porta 25, uma página da Microsoft na Internet,
> > especializada em software livre. Tem 5 mil visitantes regulares, dos quais
> > 60% usam o navegador FireFox."
> > 
> > As reportagens completas estão em
> > http://www.planoeditorial.com.br/ti_governo/atual/destque5.shtml
> > 
> > Parece q eles estão bem ativos . . . E ainda há mais gente q acha q a MS é a
> > solução em vários Poderes do q imaginam alguns . . .
> > 
> > [ ]s,
> > 
> > OJr.
> > -------------- Próxima Parte ----------
> > Um anexo em HTML foi limpo...
> > URL: 
> > http://listas.softwarelivre.org/pipermail/psl-brasil/attachments/20070320/d73fdcb6/attachment.html
> > 
> > ------------------------------
> > 
> > Message: 4
> > Date: Tue, 20 Mar 2007 16:09:41 -0300
> > From: [EMAIL PROTECTED]
> > Subject: Re: [PSL-Brasil] MS, governo e integração com outras
> >     plataformas . . .
> > To: Projeto Software Livre BRASIL
> >     <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> > Message-ID:
> >     <[EMAIL PROTECTED]>
> >     
> > Content-Type: text/plain; charset=iso-8859-1
> > 
> > 
> > Oi Olival,
> > 
> > Conversando com um colega do MEC ele me informou isso, que o governo
> > mudando para Software Livre não iria influenciar muito nas contas da
> > Microsoft pois o governo compra pouco.
> > A questão que a Microsoft tá "apanhando" e derrubou o bill é que a
> > influencia gerada pelo governo é muito grande. Só em falar em bancos
> > vinculados ao governo (caixa, bb..), empresas vinculadas (ex:petrobras) e
> > educação publica já gera uma perda para ms muito grande de formação e
> > vendas. E por isso ela está revendo o conceito e começando a adotar a falsa
> > liberdade. Querendo passar aquela labia :).
> > Para mim ela gera uma falsa liberdade pois ela aproveita códigos mas não
> > colabora de forma substâncial. Ela mais mina e ameaça do que colabora
> > propriamente dito. Não sou contra a Microsoft mas o que ela tá fazendo não
> > merece nosso respeito.
> > Gostei do texto mas não achei muita verdade principalmente nas palavras do
> > Roberto Prado.
> > 
> > Marcus de Vasconcelos Diogo da Silva
> > jabber: [EMAIL PROTECTED]
> > 
> > 
> > 
> > Saiu no TI & Governo: "De tudo o que a Microsoft fatura no Brasil, 8% vêm
> > de órgãos e empresas do governo. (...) informa Roberto Prado, gerente de
> > estratégias de mercado da Microsoft Brasil. 'Olhando os números no geral, o
> > discurso anti-Microsoft não chegou a ter influência nas vendas.' (...)
> > Roberto descobriu a natureza do seu trabalho: identificar quem quer
> > conversar e quem não quer conversar. Depois, é fazer acordos de cooperação
> > e de integração de sistemas com os criadores de software livre dispostos a
> > conversar. Só depois dos acordos, é viajar para fazer a propaganda de
> > acordos reais, em funcionamento, cujos resultados possam ser baixados da
> > Internet ? de graça."
> > 
> > Além disso, "Em agosto de 2006, a Microsoft e a Unicamp montaram um
> > laboratório especializado na integração de Windows e de Linux, para que
> > sistemas de computação em grade (grid computing) funcionem com micros dos
> > dois tipos. A Microsoft paga os bolsistas.
> > Neste mês, a Microsoft assinou um acordo semelhante com a Universidade
> > Federal do Rio Grande do Sul."
> > 
> > E ainda vão "(...) trazer este ano para o Brasil o Projeto Oz, para que
> > estudantes de faculdades tenham acesso a uma versão do código-fonte do
> > Windows, e aprendam como ele funciona."
> > 
> > Finalmente, " Todo o resultado dessas iniciativas, seja software seja
> > documento, vai ser distribuído nos mesmos moldes do software livre:
> > qualquer um pode pegar, qualquer um pode mexer, qualquer um pode usar. O
> > canal de distribuição é o Porta 25, uma página da Microsoft na Internet,
> > especializada em software livre. Tem 5 mil visitantes regulares, dos quais
> > 60% usam o navegador FireFox."
> > 
> > As reportagens completas estão em
> > http://www.planoeditorial.com.br/ti_governo/atual/destque5.shtml
> > 
> > Parece q eles estão bem ativos . . . E ainda há mais gente q acha q a MS é
> > a solução em vários Poderes do q imaginam alguns . . .
> > 
> > [ ]s,
> > 
> > OJr._______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> > http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> > 
> > 
> > 
> > 
> > 
> > 
> > ------------------------------
> > 
> > Message: 5
> > Date: Tue, 20 Mar 2007 18:10:18 -0300
> > From: "Eduardo Costa Lisboa" <[EMAIL PROTECTED]>
> > Subject: Re: [PSL-Brasil] 'Moderação' da lista
> > To: "Projeto Software Livre BRASIL"
> >     <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> > Message-ID:
> >     <[EMAIL PROTECTED]>
> > Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1; format=flowed
> > 
> > On 3/20/07, Ada Lemos <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> > > Vou propor Anahuac um projeto e buscar dim dim pra pagá-lo, ou melhor para
> > > que o mesmo seje feito
> > > como trabalho acadêmico de algumas faculdades se integrando para fazê-lo
> > > incluindo ai campos como da comunicação, sociologia e psicologia, todas as
> > > disciplinas ...
> > 
> > Nem precisa ir muito longe, Ada. Só o que se precisa na lista é de bom
> > senso, só isso. Além, é claro, de regras claras e execução sumária das
> > mesmas. Não se trata de autoritarismo, apenas de fazer as coisas do
> > jeito certo. Se em todo lugar há regras, por que não aqui também, não
> > é mesmo?
> > 
> > 
> > -- 
> > Eduardo Costa Lisboa
> > 
> > 
> > ------------------------------
> > 
> > Message: 6
> > Date: Wed, 21 Mar 2007 08:00:12 -0300
> > From: Milton <[EMAIL PROTECTED]>
> > Subject: [PSL-Brasil] scripts para o orca 
> > To: Projeto Software Livre BRASIL
> >     <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> > Message-ID: <[EMAIL PROTECTED]>
> > Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1; format=flowed
> > 
> > Olá para todos da lista!
> > gostaria  de pedir uma ajuda para os colegas da lista que tem 
> > conhecimento em
> > scripts, que isso vai servir para mim e um bocado de cegos que querem
> > usar o Linux.
> > Quem poderia fazer um scripts para executar os comandos descritos
> > abaixo?
> > Quem puder nos ajudar fico muito grato e acho que os outros ceguinhos
> > também vão ficar!!!! rsrsrsrs.......
> > 
> > Milton Peres contando com a ajuda de vocês
> > 
> > segue o texto do colega Tiago abaixo
> > 
> >         Olá gente,
> >     Vamos para a instalação do eSpeak com voz em Português e configuração
> > para que o ORCA fale utilizando o speech-dispatcher.
> >     Sugiro como sempre, muito estudo, leitura de apostilas e livros de
> > Linux, vou assumir que você tem o mínimo de conhecimento sobre o sistema
> > (Linux) que você pretende instalar um TTS e conhece de instalações de
> > pacotes e que também você sabe trabalhar com os arquivos de
> > configurações da pasta /etc.
> >     Primeiramente, também assumirei que o Linux que trabalharemos, será
> > o Ubuntu 6.10.
> >     Uma coisa importante é que utilizaremos muito o modo texto ou
> > terminal, para irem para o modo texto puro, tecle ctrl+alt+f2, para
> > voltar para o modo gráfico tecle ctrl+alt+f7. Sugiro que utilizem o
> > gnome-terminal, ao em vez de irem para o modo texto, basta teclar alt+f2
> > que o diálogo de execução abrirá, digitem "gnome-terminal" sem as aspas
> > e tecle enter, e um terminal texto se abrirá dentro do Gnome, de formas
> > que o ORCA também tem acesso.
> >     Algumas informações para os esquecidos:
> >   - Quando for necessário executar algum comando como root e você não
> > tiver acesso, utilize antes docomando propriamente dito, o sudo, como
> > por exemplo "sudo comando" sem as aspas. A maioria dos comandos aqui
> > serão executados como root, (mover pastas, descomprimir arquivos, etc.).
> >   - Para editar um arquivo, uma dica é utilizar o editor nano de modo
> > texto, "nano NomeDoArquivo" abre o arquivo, "ctrl+o" e enter salva as
> > modificações "ctrl+x" fecha o nano. Um outro editor é o gedit, editor do
> > Gnome que encontra-se no menu Acessórios > Editor de Texto (alt+f1
> > acessa os menus principais); o gedit possui uma barra de menus
> > acessível com a tecla "f10" ou "alt" que é fácil abrir e salvar os
> > arquivos por ele. Execute o nano como root.
> >   - Quando for pedido para descomentar uma linha de um arquivo de
> > configuração,
> > significa apagar o sinal "#" do início da linha, ou seja,
> > você está habilitando o conteúdo dessa linha. O inverso significa, é
> > claro, que você está desabilitando o conteúdo da linha em que você
> > colocar o "#" sem as aspas.
> >   - Para baixar um arquivo, podem utilizar o wget no modo texto ou
> > Firefox no modo gráfico. O comando para fazer download pelo wget é
> > "wget EndereçoABaixar" sem as aspas.
> >   - Ao terminar de digitar um comando, por favor, tecle enter.
> >     Então vamos começar!
> >     O primeiro passo, é editar o arquivo /etc/apt/sources.list como
> > root, descomentando as linhas que contiverem a palavra "universe".
> >     Após ter salvo o arquivo, atualize a lista de pacotes como root com
> > o comando:
> > apt-get update
> >     O próximo passo, é instalar o speech-dispatcher, o comando como root
> > seria:
> > apt-get install speech-dispatcher
> >     No próximo passo, será necessário instalar o eSpeak, vamos utilizar
> > então o "super" apt-get para fazer isso:
> > apt-get install espeak libespeak1
> >     Uma observação é que atualmente a versão do eSpeak que está no
> > repositório do Ubuntu 6.10 Edgy, é uma versão antiga do eSpeak, que não
> > contém no banco de dados dele a implementação que o Cleverson fez para
> > Português, na próxima versão do Ubuntu que será lançada em Abril de
> > 2007, provavelmente já estará disponível um eSpeak atualizado e não será
> > necessário baixar e copiar pasta e arquivos para os lugares necessários,
> > atualizando o eSpeak como faremos agora!
> >     vamos baixar então o eSpeak 1.21, o endereço é:
> > http://downloads.sourceforge.net/espeak/espeak-1.21-linux.zip?modtime=1172741978&big_mirror=0
> >     Depois terão de descomprimir o arquivo baixado, no terminal ou modo
> > texto, fazer
> > unzip -o espeak-1.21-linux.zip
> > será criada uma subpasta, entre nela, no modo texto o comando seria:
> > cd espeak-1.21-linux
> >     O próximo passo é mover alguns arquivos e pasta. Vamos mover a pasta
> > do banco de dados do eSpeak "espeak-data" para a pasta /usr/share, o
> > comando no modo texto é:
> > mv espeak-data /usr/share
> >     Vamos mover também as duas versões de arquivos executáveis do
> > eSpeak "espeak" e "speak" para a pasta /usr/bin, no modo texto fazer então:
> > mv espeak /usr/bin
> > mv speak /usr/bin
> >     Vamos mover também uma biblioteca que o arquivo "espeak" necessita,
> > para a pasta /usr/lib primeiro entraremos na pasta onde a biblioteca se
> > encontra:
> > cd shared_library
> >     moveremos o arquivo libespeak.so.1.1.21 com:
> > mv libespeak.so.1.1.21 /usr/lib
> >     mudaremos para a pasta /usr/lib
> > cd /usr/lib
> > apagaremos o link antigo para a versão antiga da biblioteca do espeak
> > com:
> > rm libespeak.so.1
> >     agora criaremos um novo link apontando para a nova biblioteca:
> > ln -s libespeak.so.1.1.21 libespeak.so.1
> >     Agora o eSpeak está instalado, mas não terminou, falta configurar o
> > speech-dispatcher para que o ORCA possa falar em português.
> >     Vamos mudar para /etc/speech-dispatcher
> > cd /etc/speech-dispatcher
> >     e iremos editar o arquivo de configuração speechd.conf encontrando
> > as seguintes linhas, descomentando, inserindo e fazendo modificações:
> >   - encontre a linha que estará comentada e descomente:
> > # DefaultLanguage  "en"
> > modifique  a linguagem padrão nessa mesma linha que você acabou de
> > descomentar, mudando de inglês para Português, a linha ficará assim:
> > DefaultLanguage  "pt"
> >   - Depois encontre a linha a seguir e descomente:
> > #AddModule "espeak-generic" "sd_generic" "espeak-generic.conf" 
> > "/var/log/speech-dispatcher/espeak.log"
> >   - Encontre a seguinte linha que nós modificaremos:
> > DefaultModule festival
> >   uma observação é que você poderá encontra-la também como:
> > DefaultModule flite
> >   Modificaremos essa linha que você encontrou para que o módulo padrão
> > seja o do eSpeak, então a linha ficará assim:
> > DefaultModule espeak-generic
> >   - procure a linha
> > LanguageDefaultModule "en"  "festival"
> >   ou a linha
> > LanguageDefaultModule "en"  "flite"
> >    e ensira acima numa linha nova o seguinte:
> > LanguageDefaultModule "pt"  "espeak-generic"
> >     Salve as modificações.
> >   Acabamos de configurar o arquivo speechd.conf, mas é recomendável
> > configurar o módulo espeak-generic.conf que está na subpasta modules.
> > Mudaremos assim:
> > cd modules
> >   Edite o arquivo espeak-generic.conf
> >     Encontre a linha
> > AddVoice        "en"    "MALE1"                "en"
> >   troque as referências ao Inglês "en" para o Português "pt", ficando:
> > AddVoice        "pt"    "MALE1"                "pt"
> >   Pode salvar o arquivo e você já terminou de configurar o
> > speech-dispatcher para utilizar a voz português do eSpeak como voz
> > padrão.
> >     Não terminou, não... Agora vamos configurar o ORCA. Antes reinicie o
> > speech-dispatcher, digitando na linha de comando:
> > /etc/init.d/speech-dispatcher restart
> >     Reinicie também o ORCA por via das dúvidas, feche ele com Insert+Q e
> > abrindo-o digitando no diálogo de execução (alt+f2) "orca &" sem as
> > aspas, é claro.
> >     Ele será aberto e as preferências dele também, caso a janela de
> > configuração do ORCA não abra (preferências), tecle
> > insert+BarraDeEspaço.
> >     Na janela de preferências do ORCA, tecle tab até algo como
> > "Speech synthetisisDriver" que é uma caixa combinada onde provavelmente o
> > Festival estará como padrão. Use as setas para cima e parabaixo, e
> > selecione o "speech-dispatcher", tecle tab até a lista de vozes
> > "Person:" e selecione com as setas "MALE1". Depois tab até o botão
> > aplicar e tecle Barra de Espaço, e por último até o botão Fechar e
> > tecle Barra de Espaço. Após aplicar, o ORCA já estará
> > falando em Português, isso é, se você tiver instalado e configurado tudo
> > direitinho!!!
> >    Grande abraço e boa sorte,
> > 
> >         Olá amigos,
> > 
> >     Um detalhe na configuração do
> > /etc/speech-dispatcher/modules/espeak-generic.conf
> > que não coloquei no tutorial, é que vocês devem também encontrar a linha
> > onde tem GenericLanguage "en" "english" e adicionar numa linha em branco
> > acima ou abaixo isso aqui: GenericLanguage "pt" "brazil"
> >     Percebi esse detalhe no Kurumin, onde o ORCA só queria falar com a
> > voz em inglês do eSpeak, depois que eu coloquei isso ele começou a
> > utilizar a voz em português, é claro que tem de ter feito as outras
> > modificações também explicadas no meu tutorial.
> >     Irei atualizar o tutorial e depois disponibilizarei em minha página.
> > 
> > 
> > 
> > 
> >       Tiago Melo Casal
> > ____
> > Linux user #422205
> > E-Mail: [EMAIL PROTECTED]
> > Página: http://intervox.nce.ufrj.br/~tcasal
> > Skype: tcasal
> > 
> > 
> > 
> > 
> > 
> > 
> > ------------------------------
> > 
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > 
> > 
> > Fim da Digest PSL-Brasil, volume 29, assunto 61
> > ***********************************************
> > 
> 
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista: 
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> 
> !DSPAM:460142ea264871827518271!
> 
> 
-- 

Marcelo D'Elia Branco
http://marcelo.softwarelivre.org
Descarregue pela Internet o livro
"A Sociedade em Rede: Do conhecimento à Acção Política"

8è Fòrum Internacional de Programari Lliure de Porto Alegre
13, 14 i 15 d'abril http://fisl.softwarelivre.org/8.0/


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a