Olival Gomes Barboza Júnior escreveu:

Bom, a sua conclusão foi a mesma do analista. A viabilidade de um SL qqr não é função de seu potencial comercial.


Sim. Mas o que critico é a alternância de `business model' (lucratividade) / `economic model' (custo/benefício) como se fossem sinônimos. Não são, e boa parte da confusão sobre `viabilidade econômica' do software livre deve-se à mistura dos conceitos. E freqüentemente o resultado disso é propagação de FUD.

Software livre/open source é economicamente viável pelo simples fato de ser útil, de suprir necessidades.

Aqui eu acho q vc simplificou demais. Se algo for útil, mas o custo de sua produção superar em muito o lucro direto ou indireto obtido com ele, então teremos algo útil e economicamente inviável.

Tem razão. Minha frase ficou imprecisa. Mas talvez a sua também, pelo uso do termo `lucro'. Eu a reformularia assim:

  <<<
Se algo for útil, mas o custo de sua produção superar em muito os benefícios diretos ou indiretos obtidos com ele, então teremos algo útil e economicamente inviável.
  >>>

Até mais,
Hudson
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a