O crítico ignora completamente a letra e o sentido desse parágrafo, que restringe a "ofuscados" os registros em análise, para desqualificar meu argumento como "meio xenófobo ou paranóico". Ler apenas o que interessa numa peça a comentar é uma estratégia de retórica desenvolvida como arte pelos sofistas há mais de 2 mil anos. Nela se especializam, quero crer que por dever de ofício, advogados e certa classe de juízes e analistas.

Não sei se entendi direito, mas há necessidade de certo preparo, de se entender o contexto para ousar uma interpretação extensiva. Sendo que às vezes o rebuscamento dificulta, senão seleciona, tal entendimento pelos menos capazes, ditos leigos. Separar isso por ofício é o mesmo que dizer que todos os médicos escrevem garranchos ininteligíveis -- e que, ironicamente, acabam sendo interpretados por balconistas de farmácia.


[]s
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a