Pelo fato do software ser livre, o que está intrínseco é sua auditabilidade. Segurança, até onde o entendimento leigo alcança, é algo que dela decorre.

A velha questão tem uma velha resposta: O sentimento de segurança em software inauditável é um ato de fé no fornecedor, enquanto em software auditável decorre da livre escolha de em quem confiar para auditá-lo.


Pedro, concordo em gênero, número e grau. Mas é fato que a maioria ainda nem sabe o que é software livre, quando mais que é auditável. Portanto, sugeri que é desejável um trabalho direcionado e em paralelo nesse sentido (segurança), para "reforçar as estruturas". Uma vez que haja esse reconhecimento o resto fica bem mais fácil. E se vier oficialmente, da Receita Federal que é a bola da vez, tanto melhor.

[]s
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a