Em 27/04/07, Guilherme H. S. Ostrock<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
Omar, obrigado pela ajuda, ainda não me acostumei com a "dinâmica" desta
lista, por isso a falta de "netiqueta".

Somente para esclarecer, sou estudante de direito e interessa-me
principalmente a área de intersecção entre o direito e a tecnologia da
informação.

Realmente, quanto ao programa do IR não acho ser vital a distribuição do
programa em código aberto.

A "grande maioria" utiliza Windows, seja pirata ou original, logo o programa
adequa-se muito bem a necessidade da maioria da população, e é isso que a
administração deve visar, alcançar o maior números de, o caso contribuintes
visando o menor dispêndio financeiro.
O Governo não tem que atingir a maioria, e sim a todos.


A versão java é multiplataformas logo atende e satisfaz, ainda que a contra
gosto, a necessidade de todos.
Nem todos, e os usuários de plataformas onde as versões proprietárias
do java ainda não chegaram? ;)


De todos os argumentos, o mais relevante, ao meu ver, é a impossibilidade de
auditoria, o que poderia levar a fraudes por parte da receita, porém, se
permitido que cada um crie e divulgue seu próprio PGD IRPF quem garantirá o
atendimento dos padrões da receita?
A própria receita, no momento em que aceita ou não uma declaração.


Ponto importante a ser frisado é que todos os anos são acrescentadas
exigências, ou alteradas, quem se prontificará efetuá-las?
Quem se prontificou a desenvolver o software.


Caso eu utilize um programa de código aberto e este venha com um malware
qualquer, que ao inés de transmitir a declaração o envia a qualquer outro
bd, quem será responsabilizado?
Quem forneceu a você o software.


E por fim, se perceberem que a declaração enviada hoje foi feita em pgd
diverso do que determina a receita, o que acontece?


> Message: 5
> Date: Thu, 26 Apr 2007 17:06:04 -0300
> From: "Omar Kaminski" <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-Brasil] IR livre x IR em java (era: Re: Digest bla
>         bla bla)
> To: "Projeto Software Livre BRASIL"
>         <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> Message-ID: <[EMAIL PROTECTED] >
> Content-Type: text/plain; format=flowed; charset="iso-8859-1";
>         reply-type=original
>
> Calma por favor, Ufa.
>
> O rapaz é advogado ou estudante de Direito (já o vi em outras listas da
> área), e ele não tem culpa de não comungar com os mesmos entendimentos da
> maioria desta lista. Na certa entrou e está querendo aprender mais sobre.
>
> Ostrock, comece pelas regras básicas de netiqueta: não dê replys em
digests
> sem cortar o conteúdo anterior (seu email tinha 60kb), mude o assunto,
etc.
>
> []s
>
>
> ----- Original Message -----
> From: Ufa
> To: Projeto Software Livre BRASIL
> Sent: Thursday, April 26, 2007 4:48 PM
> Subject: Re: [PSL-Brasil] Re: Digest PSL-Brasil, volume 30, assunto 99
>
> > A maior parte dos contribuintes utiliza o windows e há uma versão em
java
> > atende muito bem as necessidades daqueles que utilizam outros sistemas
> > operacionais, então, pq  tanto esforço para algo que atende muito bem a
> > todos?
>
>
> Fale por você. Não coloque "todos", só pq vc acha isso.
>
>
>
>
>
>



--
Att.

Guilherme H. S. Ostrock
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a