Alexandre Oliva escreveu:


Disseram que ele está aqui a muito tempo e eu acabei de chegar para
ficar questionando-o,

( . . . )
Não concordo com a atitude de criticar sua atitude só porque você
chegou agora.  Isso é a falácia da demonstração por autoridade.  É
confundir o mensageiro com a mensagem.  Não é assim que se defende um
ponto de vista.  Não é assim que se educa uma pessoa para um fato que
ela não conhecia.
Eu deixei a última msg sobre o assunto passar pq estava ficando com aquela sensação de estar alimentando os trolls, mas, já q parece q uma das afirmações distorcidas da msg original parece estar se propagando, vamos colocar as coisas em contexto.

Qdo a figura em questão mandou a msg pedindo o número do recibo do seu IRPF (do Oliva), eu questionei da forma transcrita abaixo:

"A menos q vc seja conhecido do cara (ou ao menos de alguém por aqui), esse pedido soou muuuito estranho. Além disso, ele já não afirmou q a entrega foi feita? Ou o q vc está querendo colocar à prova é a palavra dele? Aliás, ele já é bem conhecido por aqui. Quem é vc?"

Pra mim soou como se alguém q apareceu há pouco nesta lista, cheio de afirmações altamente equivocadas (veja bem, *afirmações*, não eram questionamentos), parecendo sequer conhecer o conceito de SL e seus preceitos, estava cobrando uma "confirmação" de uma afirmação feita por alguém conhecido por todos por aqui (ou seja vc, Oliva).

Embora esteja longe de ser uma condição suficiente, estritamente falando, é o fato de vc (Oliva) ser conhecido por praticamente todos desta lista (pessoalmente ou não), com motivações mais do q transparentes para ter feito o q fez qto ao IRPF, q faz com q não tenhamos motivos para duvidar de sua palavra.

Agora, se o sujeito acha q sua (do Oliva) palavra não vale o q pesa, q ao menos me apresente motivos para acreditar q a dele seja mais confiável. Ao menos saber o q ele faz da vida, qual a sua motivação e o q ele defende (ou deixa de defender) já daria para no mínimo saber quem é o cara e pra q time ele torce.

Questionar, sim! Fazer afirmações equivocadas como se fossem a pura expressão de uma verdade universal, não!

Perceba, inclusive, q vários membros da lista já alertaram o sujeito q a motivação sobre a questão do IRPF - grosso modo - vinha da possibilidade de rodar o programa em um ambiente livre, nada tendo a ver com a qualidade técnica do produto ofertado pela SRF (ou mesmo a "confiança" na instituição). Mas, ainda assim, a figura parece ter ignorado o q foi escrito e continuou a fazer as mesmas afirmações equivocadas (travestidas eventualmente de perguntas).

Como não sei quem é o sujeito, posso acreditar q ele faz parte da amostra q estabeleceu q boa parte do egressos do nosso ensino fundamental (e mesmo universitário) são incapazes de ler um texto e compreendê-lo. Mas, como não sei quem é o sujeito, posso achar q é só mais um dos trolls q pipocam por aqui volta e meia.

Mas, se for este último caso, acho q isso é problema da moderação, certo?

[ ]s,

olival.junior
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a