Fabianne Balvedi escreveu:
> 
> 
> On 5/8/07, *Pablo Sánchez* <[EMAIL PROTECTED]
> <mailto:[EMAIL PROTECTED]>> wrote:
> 
>     O medo não é de interferência no funcionamento do avião, mas na
>     comunicação do mesmo com as torres de controle. Como já disse, ondas
>     de rádio podem reverberar e acabarem por passar por outras faixas...
>     raríssimo, mas ocorre. 
> 
> 
> 
> Ocorre? Onde? Quando você viu isso acontecer? Existe algum registro de
> fato? Ou apenas meras suposições como o artigo da folha, que ficam na
> base do achômetro?
>  

Podemos estar diante de um caso onde a credibilidade da grande imprensa
é usada para plantar versões fantasiosas como senso comum no imaginário
popular. Isso de "reverberar para outras faixas" é balela, não tem nada
a ver com a física em que se baseia a construção de radiotransmissores e
radioreceptores.

O que pode acontecer é o transmissor, se mal calibrado ou mal
construído, extrapolar o intervalo de frequência que deveria modular
sobre a onda portadora, o que afetaria apenas a recepção das estações FM
vizinhas no dial, ou então, pelos mesmos motivos, gerar harmônicas da
onda portadora fora dos parâmetros de atenuação permitidos pela
regulamentação daquela modalidade de radiodifusão, o que afetaria apenas
as faixas de frequência mais próximas daquela modalidade.

Daí porque, para sabermos distinguir entre interferência mesmo ou
pretexto infundado, é preciso conhecer as faixas reservadas para o
controle de vôo que estariam sofrendo interferência, de que tipo, onde e
quando. Qualquer faixa de frequência pode sofrer interferência natural,
da ionosfera por exemplo (efeitos da radiação solar), principalmente se
a codificação do sinal transmitido sobre a portadora for analógico. Quem
já ouviu rádio AM sabe disso, como também sabem os pilotos desde o tempo
em que nem se falava em, nem haviam, rádios comunitárias.

Quanto mais se usar argumentos superficiais, como esse "reverberar
noutra faixa", para tentar incriminar as rádios comunitárias, mais isso
fica parecendo pretexto infundado. Pode ser apenas uma versão fantasiosa
plantada como fato pela mídia corporativa para tentarem manter seu quase
monopólio sobre os hábitos dos ouvintes.

-- 
-------------------------------------------
prof. Pedro Antonio Dourado de Rezende /\
Computacao - Universidade de Brasilia /__\
tcp: Libertatis quid superest digitis serva
http://www.cic.unb.br/docentes/pedro/sd.htm
-------------------------------------------
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a