On May  9, 2007, "Alessandra Domingues" <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

> Quero fazer uma pergunta... se você tivesse uma empresa como a GOOGLE, você
> liberaria? No sentido que os softwares que eles desenvolvem são para "uso
> próprio" e não comerciais?

No momento em que você liberta o software, você convida outros a
contribuírem para ele.

Quanto mais pessoas contribuírem, maior a relação entre o que você
recebe e o que você dá.

A pergunta mais lógica seria, por que você NÃO liberaria?

E aí uma resposta plausível seria talvez porque isso possibilitaria às
pessoas remover funcionalidades de "pagamento" através de anúncios,
como os da versão gratuita do Opera (nada a ver com Google, só um
exemplo).

Não sei se os programas que o Google distribui têm desfuncionalidades
como essas (não lembro de ter lido nada a esse respeito), mas seria
uma motivação econômica para não liberar o software.

Não uma motivação legítima ou aceitável, em minha opinião, mas seria
uma resposta plausível para a minha pergunta acima.

-- 
Alexandre Oliva         http://www.lsd.ic.unicamp.br/~oliva/
FSF Latin America Board Member         http://www.fsfla.org/
Red Hat Compiler Engineer   [EMAIL PROTECTED], gcc.gnu.org}
Free Software Evangelist  [EMAIL PROTECTED], gnu.org}
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a