Alexandre Oliva escreveu:
On May 10, 2007, Rafael Evangelista <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

a idéia do copyleft é estabelecer uma cadeia de cooperação e
compartilhamento.

BZZT ;-)
sei que você está brincando mas, me desculpe, que coisa chata e arrogante isso, hein?

bzzt pra vc pela joselitagem
A idéia do copyleft é impedir que alguém cerceie a liberdade do outro
em relação ao código copyleft.

Cooperação e compartilhamento são conseqüências.
e cercear a liberdade não é impedir o compartilhamento? Se eu pego um código livre, o modifico e troco a licença, não impeço que outro pegue aquele mesmo código livre e faça as mesmas modificações do que eu. O código original continua livre, com ou sem copyleft, ele apenas tem uma versão modificada proprietária. só que, com o copyleft, a minha modificação vira uma retribuição. Retribuo aquilo que ganhei com a minha contribuição. estabelece-se uma cadeia de cooperação livre.
qdo alguem inventou as tais 4 liberdades, as inventou com um
propósito, que era sim estabelecer um sistema ético de trocas,

Não, isso foram outros que entenderam torto a mensagem dele.  Não tem
payback na GPL.  É payforward.  Não há troca, porque troca implica
cada um dá uma coisa senão a troca não ocorre.
se eu não aceitar a gpl não posso distribuir o software modificado, é uma condição limitante.

além disso, a idéia de troca não se limita a dois sujeitos que trocam coisas. ela se expande para outros sujeitos, num sistema. se eu te presenteio no seu aniversário, por exemplo, quando chegar o meu aniversário você pelo menos ficará em dúvida se não deve me dar um presente. mesmo a dádiva desinteressada implica em construção de laço social.
 Há respeito à
liberdade que, no caso do copyleft, é condicionado ao respeito à
liberdade do próximo.
e é essa a retribuição (não payback), manter aquilo como livre
Recomendo a leitura das três primeiras seções de
http://www.fsfla.org/svnwiki/blogs/lxo/draft/gplv3-snowwhite.en, assim
como dos agradecimentos.
recomendo a leitura do "ensaio sobre a dádiva", de marcel mauss, para expandir a idéia de troca para além da monetária-capitalista.
certas empresas encontraram um meio de usar a criação coletiva e
devolver muito pouco, ou devolver o quanto querem. pode não ser nada
ilegal, mas julgo moral e eticamente condenável.

Então vamos ter que concordar em discordar, porque obrigar a
compartilhar não é uma opção nem moralmente nem economicamente
aceitável.  A liberdade de fazer modificações privadas é uma liberdade
fundamental.
não estou falando em obrigar a nada, estou falando em retribuição, em cooperação. não estou dizendo que há uma solução para isso, não advogo restringir o direito de fazer modificações privadas. estou levantando que este é um problema, que isso não é solidário. no mínimo, significa menos código livre no mundo.
O objetivo primordial do movimento Software Livre não é o
compartilhamento do conhecimento.

dizer qual é "o" objetivo primordial do movimento acho
complicadíssimo.

Bom, estou falando sobre quem criou o movimento.  Por certo houve
divergências depois; alguns até deram outros nomes para deixar claro
que discordavam dos pontos essenciais mas queriam pegar carona nos
benefícios.
Me surpreende muito você apontar valores tão pragmáticos e imediatos como vindos do RMS e da FSF.

Mas esse não é o ponto, um movimento não é uma igreja controlada pelo criador, é um conjunto de pessoas que estabelece demandas próprias. E esse conjunto, o movimento software livre, é mais complexo do que isso, tem vida e dinâmica. e nem precisa incluir o fork ideológico do open source nisso.
o movimento é amplo, diverso, e com certeza vai além disso. não se
reduz a advogar estritamente as 4 liberdades. isso, claro, não
significa que se deva abdicar delas.

Mas advogar *contra* uma ou mais das 4 liberdades não pode fazer parte
do movimento do Software Livre.
vc acha que eu estou advogando contra qual liberdade? a liberdade de deixar o software escondido? de não compartilhar?
Não é movimento do software compartilhado, ou do software público.  É
movimento do Software Livre.
vc acha que o movimento sem-terra só quer terra? que é só isso? não é e nem o mov software livre é só isso. lembra da frase mote do fisl? "socialmente justo, tecnologicamente viável, economicamente sustentável", não te sugere que o mov soft livre quer as liberdades pq eles significam algo mais?

e não misture o soft público pq senão o corinto tem um enfarte :)
Sei que Hipatia advoga pela liberdade e por algo mais.  Respeito e
apóio, enquanto não contraria as 4 liberdades.
concordo e assino os 2 manifestos da hipatia. mas não é pq estou usando o email dela que estou falando por alguma instituição (assim como não falava pela unicamp qdo assinava esta lista com aquele meu outro email). por favor não misture as coisas, falo como militante e pesquisador do movimento software livre
 A idéia de publicação
voluntária (em contraponto a distribuição individual) de fato
beneficia a sociedade.

Mas a idéia que você parece estar defendendo, de que a publicação de
modificações, ou mesmo o compartilhamento do software original,
devessem ser obrigatórios fere a liberdade de tal maneira que não
posso apoiá-la.
Como já disse, não advogo isso. Estou apontando que existe um problema para os valores que o software livre encerra e que as quatro liberdades não resolvem.
de que adiantam as 4 liberdades se o código fica enfurnado no
servidor?

Adianta para o dono do servidor, que é quem faz a computação.
Boa, só ele pode fazer computação? E aquela conversa bacana que existia do usuário poder aprender, de não haver dependência de fornecedores, acabou?
de que adiantam as liberdades se os principios éticos e de
colaboração que estavam na cabeça dos que criaram a gpl podem ser
subvertidos?


ps: tiraram o reply-to lista?

Daqui parece que não :-(
Estranho, pq estou fazendo um reply-to e está direcionando para vc e não para a lista.

Em tempo, meu voto é que reply-to é para a lista e não para remetente.


--
Usuário Linux #352107
Jabber: usuário-rae servidor-bloodyxml.com
http://rafaelevangelista.oplanob.com
http://www.dicas-l.com.br/zonadecombate
emails: [EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED]

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a