On 5/12/07, Alexandre Oliva <[EMAIL PROTECTED]> wrote:



Segundo sua tese, parece-me que eu, quando liberto Software Livre,
torno-me hospedeiro e sou prejudicado por quem meramente use o
Software, ou o modifique, sem tornar suas modificações publicamente
disponíveis, tornando-se então um parasita.

Qual é exatamente o prejuízo que você entende que eu esteja sofrendo?



Você já ouviu falar de capitalismo cognitivo? Então, é um conceito
relativamente novo que pode nos ajudar a entender esse prejuízo.
O prejuízo no capitalismo monetário é fácil de explicar, pois se
dá em números. Já no capitalismo cognitivo, onde não existe uma
relação matemática estabelecida para se quantificar perdas,
é um pouco mais complicado, mas nem por isso menos importante.

Então tentando analisar pragmaticamente esta questão,
o fato de alguém usar um conhecimento adquirido sem
retornar algo ao seu "hospedeiro", faz com que haja,
sim, um prejuízo cognitivo para quem forneceu aquele
conhecimento. Por isso que existem movimentos ainda
mais radicais que o do software livre, que são
os da devolução, pois acredita-se aí que o conhecimento
pertence à humanidade, e não apenas a determinadas
pessoas, e por isso deve-se devolver a ela o seu lucro.

Tem esse post aqui do josemurilo no converse que achei bem legal,
se vcs quiserem saber um pouco mais sobre isso:

http://converse.org.br/capitalismo_cognitivo

e tem o audio do evento citado no post aqui:

http://www.cultura.gov.br/foruns_de_cultura/economia_da_cultura/capitalismo_cognitivo/index.php?p=12433&more=1&c=1&pb=1


abs,
//fabs
--
Fabianne Balvedi
Linux User #286985
http://fabs.estudiolivre.org
"se a Globo quer usar a minha música,
que libere a sua novela."
Giuliano Djahjah
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a