On 5/12/07, Alexandre Oliva <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
(...)
Já a promoção da idéia de obrigação parece-me criar justamente o
efeito contrário, extinguindo a publicação, a colaboração e a cultura
por matar a criatividade.


ninguém está obrigando ninguém a nada, Oliva.

ninguém te obriga a beber,
mas se você não bebe, em algum tempo você morre.

assim como ninguém obriga os codeiros a
compartilharem seus códigos, mas se eles
não fazem isso, o movimento do SL morre.

por isso considero parasitas sim, aqueles que não
fazem abolutamente nada ou pouco para que o
movimento continue vivo e vivem apenas
de sugar o seu conhecimento, criando soluções
apenas para seus micro universos e sobrecarregando
a terefa daqueles que mantém a sua evolução.
Se os códigos dos softwares de hollywood fossem
liberados, provavelmente muitas das dificuldades
que temos ainda hoje na ediçãe e finalização
de vídeos com software livre já estariam solucionadas
e demorariamos muito menos tempo para
terminar um audivisual que hoje no software
proprietário exige apenas 1 décimo do tempo
que gastamos com os códigos já acessíveis.

http://www.linux.com/article.pl?sid=07/03/15/0321242


...


--
Fabianne Balvedi
Linux User #286985
http://fabs.estudiolivre.org
"se a Globo quer usar a minha música,
que libere a sua novela."
Giuliano Djahjah
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a