Não diria só do judiciário, legisladores e/ou gestores. Diria também das
pessoas em geral. Isso é algo que sempre faço para introduzir alguém ao
mundo do software livre. Primeiro "vendo" o lado prático da coisa, citando
a economia, a qualidade, o lado legal da "não pirataria", etc. 

A parte político-filosófica virá depois da conquista pelos méritos
técnicos. Depois de saber que a coisa é séria e realmente funciona, as
pessoas ficam mais abertas ao entendimento desse lado mais abstrato do
software livre.

Tal "tática" tem funcionado muito bem, principalmente com aquelas pessoas
mais avêssas ao blábláblá do tipo "libertar-nos das amarras das empresas
mopolistas e do capital estrangeiro" ou outras coisas do gênero.

Carlos Schwab

--- Ada Lemos <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:

> Segundo alguns procuradores da PGR esta é a visão mais fácil do
> judiciário entender o SL e legisladores, gestores tb, a compreensão 
> maior acaba vindo em etapas posteriores por força da evangelização , 
> da qualidade, etc, etc.
> Tive eu mesma de me render a visão da PGR e seu modus operandi diante 
> da justiça que com a informatização vai acabar destra, ou mais destra 
> nisto ai que tanto prezamos.
> Abs,
> Ada
> 
> Em 15/05/07, Hudson Lacerda <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> >
> > Antonio Fonseca escreveu:
> > > Pois é, ainda há muita gente no setor público que enxerga apenas o
> lado
> > da
> > > economicidade do FOSS e comete esse tipo (perigoso) de gafe.
> >
> > Creio que tais ``gafes'' sejam motivadas por uma expectativa de
> > convencer mesmo quem enxerga apenas o lado econômico da questão a
> apoiar
> > a aprovação dos projetos.
> >
> > Acho que ainda é muito difundida a idéia de que as soluções
> > ``politicamente corretas'' são simplesmente aquelas que economizam
> > recursos financeiros a curto prazo.
> >
> > > On 5/14/07, Hudson Lacerda <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
> > >
> > >>
> > >> Anahuac escreveu:
> > >> >
> > >> > Estava indo tudo bastante bem até que:
> > >> >
> > >> > O programa aberto deve assegurar ao usuário acesso irrestrito ao
> seu
> > >> > código fonte, sem qualquer custo.
> > >>
> > >> Ainda bem que isso está escrito na justificação, e não no corpo do
> > >> projeto de lei.
> > >>
> > >> http://www.camara.gov.br/Sileg/Prop_Detalhe.asp?id=340817
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
> > _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista: 
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil


Carlos B. Schwab

        Porto Alegre, RS

Email: [EMAIL PROTECTED]
Linux user #178140, since oct 1996.
"Que capacidade impiedosa essa minha de fingir ser normal o tempo todo!!" 
- Raul Seixas
"Quem come de tudo está sempre mastigando" 
- XSandro

__________________________________________________
Fale com seus amigos  de graça com o novo Yahoo! Messenger 
http://br.messenger.yahoo.com/ 
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a