On 8/1/07, Glauber Machado Rodrigues (Ananda) <[EMAIL PROTECTED]>
wrote:
>
> A mais sem noção foi essa aqui:
>
> """
> 6 – Organização: dizem que a imagem de centenas de programadores
> espalhados pelo mundo, colaborando espontaneamente com um projeto, não
> passa de um mito. Os projetos open source bem sucedidos seriam aqueles
> em que há um pequeno núcleo de pessoas coordenando o projeto, ainda
> que apoiados por uma comunidade maior. Quando vira anarquia, a
> evolução do programa se torna lenta ou simplesmente pára.
> """
>

Já ouvi isso em outras ocasiões, mas apresentado de forma um pouco
diferente. A "reclamação" seria qto à presença ou não de uma "hierarquia" no
desenvolvimento. Por algum motivo, existia um mito de q o desenvolvimento de
FLOSS seria "caótico" (nem sequer "caórdico"), com patches sendo submetidos
aleatoriamente.

No final, descobriram q os projetos bem sucedidos (Apaches, kernel Linux,
etc) possuem uma forma de organização, normalmente gerando uma espécie de
"hierarquia". Só q nos projetos FLOSS essa "hierarquia" normalmente vem do
mérito de cada desenvolvedor, conforme sua capacidade e produtividade. Vide
o esquema de "ditador benevolente" do Torvarlds.

Indo um pouco mais longe, há uns anos atrás uma dupla fez um estudo
acadêmico sobre isso e chegou a uma teoria q dizia q a qtd de colaboradores
q usam, submetem bugs, etc costuma ser no mínimo uma ordem de grandeza maior
do q a qtd de "core developers".


Agora, de onde eles tiraram q existir uma "organização" em projetos de FLOSS
é um problema, não faço idéia...

[ ]s,

olival.junior
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a