Ou o que é pior, de alguém que enxerga software livre fundamentalmente como
uma solução [mais] barata.

E acreditem, pensar assim [ainda] é coisa comum mesmo entre aqueles que
defendem o uso e adoção do software livre dentro do governo.

Abraço,

On 8/3/07, Carlos B. Schwab <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
>
> Sem entrar no mérito da questão, essas parecem-me palavras de quem costuma
> possuir uma visão pragmática e objetiva das coisas. Ao senhor Seabra não
> importam os meios para atingir os objetivos.
>
> A comparação com as canetas talvez não represente seu pensamento no
> tocante ao desempenho de softwares livres ou proprietários. Provavelmente
> quiz dizer que ambas são canetas é possível escrever com qualquer uma.
>
> Carlos B. Schwab
>
>
>
>
> --- Fabianne Balvedi <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
>
> > ---------- Forwarded message ----------
> > From: ricardo ruiz <[EMAIL PROTECTED]>
> > Date: Aug 3, 2007 6:35 PM
> > Subject: [estudiolivre] o dia em que voltaremos a ser primatas,
> > pegaremos todas as canetas e as jogaremos para o alto!
> > To: estudiolivre <[EMAIL PROTECTED]>, submidialogia
> > <[EMAIL PROTECTED]>, sergio amadeu <[EMAIL PROTECTED]>
> >
> >
> > caro sérgio amadeu
> >
> > há algumas semanas tivemos intensa troca de e-mails sobre o blog
> > diversidade digital (http://diversidadedigital.blogspot.com). para
> > aquecer ainda mais a nossa discussão, gostaria de comentar as
> > declarações de um de seus convidados para a desconferência.
> >
> > na última edição da revista "a rede" (número 27 / julho de 2007),o
> > diretor de tecnologia do instituto de pesquisa e projetos sociais
> > (IPSO), e também conselheiro editorial desta publicação, carlos
> > seabra, salienta na página 46 que tem como objetivo repassar a
> > metodologia das oficinas do ponto de cultura vila buarque (projeto
> > ligado ao IPSO) para que seja replicada em outros pontos de cultura do
> > país. e que para isso usa-se sistemas livres, se preferíveis, ou da
> > plataforma ruindow$: "a gente não se importa se a caneta é bic ou
> > montblanc", diz seabra.
> >
> > incrível tal declaração partir de um gerente de tecnologia de um
> > instituto que possui um ponto de cultura que é forte candidadto a ser
> > um dos "pontões", um lugar de referência para os demais pontos de
> > cultura. além de contradizer o próprio Secretário de Programas e
> > Projetos Culturais do Ministério da Cultura, Célio Turino, que na
> > página 16 da mesma revista salienta que a única condição para
> > recebimento dos kits dos Pontos de Cultura é o uso do software livre.
> >
> > mesmo indo contra as diretrizes do programa que apoia seu próprio
> > projeto, o sr. carlos seabra talvez não saiba que com tal declaração
> > ele tenta também ofuscar sem nenhum tipo de argumentação plausível o
> > sério trabalho sendo desenvolvido no governo brasileiro desde 2003 na
> > implementação e uso do software livre, dentre outras tantas
> > iniciativas independentes e pessoais de mais de 15 anos.
> >
> > além disso, ao comparar sem explicar software livre e software
> > proprietário com uma caneta montblanc ou com uma caneta bic, este
> > diretor de tecnologia não leva em consideração o que é mais importante
> > no uso do sofrware livre: desenvolvimento tecnológico. uma vez que
> > esse desenvolvimento tecnológivco se dá de braços e abraços com a
> > produção midiática local de centenas de milhares de brasileiros e
> > brasileiras, temos aí um esperado desenvolvimento tecnológico
> > nacional.
> >
> > essa analogia também se mostra estúpida em esclarecer a diferença
> > básica entre os dois tipos de sistemas. eu e nunca ninguém de nenhuma
> > comunidade foi convidado alguma vez a construir a sua própria caneta,
> > seja ela bic ou montblanc. são duas marcas, duas empresas, dois
> > produtos e dois segmentos de mercado. agora se o comparativo se
> > tratava de algum comentário zombeteiro a respeito da performance de
> > algum desses sistemas, meu slackware parace uma montblant, será que o
> > sistema que este senhor utiliza se parece com uma bic?
> >
> > um grande abraço de seu amigo,
> > ricardo ruiz
> > implementador gesac nordeste
> > e conselheiro deliberativo do descentro
> > usuário linux desde 2003
> >
> > --
> > ++    vote    ++
> > ==MUSSUM==
> >    Cacilds! - 51
> >            +-+-
> > ________________________________
> > Lista de Discussão do Estúdio Livre
> > portal colaborativo  -> http://www.estudiolivre.org/
> > sobre esta lista -> http://lists.riseup.net/www/info/estudiolivre
> >
> >
> > --
> > Fabianne Balvedi
> > GNU User #286985
> > http://fabs.estudiolivre.org
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> > http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
>
>
> Carlos B. Schwab
>
>         Pelotas, RS
>
> Email: [EMAIL PROTECTED]
> Linux user #178140, since oct 1996.
> "Que capacidade impiedosa essa minha de fingir ser normal o tempo todo!!"
> - Raul Seixas
> "Quem come de tudo está sempre mastigando"
> - XSandro
>
>
>       Alertas do Yahoo! Mail em seu celular. Saiba mais em
> http://br.mobile.yahoo.com/mailalertas/
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>



-- 
ANTONIO FONSECA
http://antoniofonseca.wordpress.com/

Interessado em aprender mais sobre o Ubuntu em português?
http://wiki.ubuntubrasil.org/ComeceAqui
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a