El Viernes, 31 de Agosto de 2007 22:19, Alexandre Oliva escribió:
> O segundo é justamente sobre a insegurança jurídica da promessa de
> patentes da Microsoft, que se aplica somente às porções obrigatórias
> do formato proposto, não às opcionais nem às especificações ainda
> secretas, não contidas na proposta de padronização.

O primeiro paso agora na ISO (JTC1/SC34) é que tudos os comentários técnicos 
sejan unificados em só uma grande lista. Eu aposto por um total de entre 500 
ou 1000.

Isso vai a significar ao menos casi um comentário por cada 10 páginas de 
especificação.

Uma vez a macro-lista seja terminada, os paises possen anhadir quantos 
comentários dos outros paises gostem a os suos.

O comentário da legalidade e o comentário da não necesidade já estão na ISO 
remitidos por outros corpos de padronização. O Brasil posse os tomar se gusta 
uma vez que outros paises o fazan.

Despois de isso, tudos os comentários vão a ser discutidos e votados na fase 
(reunião) BRM. Issa fase a ECMA solicitou que fora para Febreiro, mas não 
tenho certeza de que eles não a movan a novembro ou dezembro.

Esperamos muitas mais armadilhas ainda...

//Alberto.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a