Há algumos datos erroneos em ista comunicação.

Os resultados correitos (por agora) são istos:
http://adadigital.net/index.php?option=com_content&task=view&id=603&Itemid=1

//Alberto.
PD: Espanha foi abstenção e Suecia também finalmente.


El Martes, 4 de Septiembre de 2007 14:18, Corinto Meffe escribió:
> Maioria vota contra padrão da Microsoft, mas decisão só sai na quarta
> Segunda-feira, 03 de Setembro de 2007, 20h34
> http://www.tiinside.com.br/Filtro.asp?C=265&ID=77758
>
> Apesar do duro golpe sofrido pela Microsoft ao ter de admitir que um
> funcionário de sua subsidiária sueca havia oferecido compensações
> financeiras a parceiros que votassem a favor do formato de documento Open
> XML durante reunião da SIS, órgão de padronização daquele país, a empresa
> obteve um vitória importante com a aprovação, por 12 votos a três, dos
> membros da representação americana do Comitê Internacional para Padrões de
> Tecnologia de Informação (ICITS, na sigla em inglês).
>
> Com isso, o comitê encaminhou neste domingo (2/9) à Organização
> Internacional de Padronização (ISO) voto a favor da aprovação do formato de
> leitura de documentos da Microsoft. Domingo terminou o prazo para que os
> países membros da ISO se pronunciem, inicialmente, sobre o padrão Open XML.
>
> A Microsoft tem pressionado pela aprovação do formato, que é suportado
> pelas versões mais recentes de seu pacote de aplicativos para escritório, o
> Office, desde que o estado americano de Massachusetts anunciou,
> oficialmente, que apoiaria o formato aberto de documento OpenDocument
> Format, embora no início de agosto o poder legislativo do estado tenha
> anunciado que iria apoiar também o Open XML da Microsoft, salientando que
> ambos formatos serão usados como padrão para salvar arquivos.
>
> A IBM foi uma das empresas que argumentou fortemente contra a aprovação do
> Open XML, durante a reunião do comitê da ICITS, no que foi acompanhada pela
> Oracle. A favor, votaram a HP, EMC, Intel, Sony, Lexmark e Apple, bem como
> o Departamento de Defesa dos EUA e o Instituto Nacional de Tecnologia e
> Padrões, segundo do jornal americano The Washington Post.
>
> Nesta semana, os 20 membros do comitê técnico JTC1 da ISO darão seus votos.
> Nessa primeira fase, o voto com condicionantes e comentários têm chance de
> empurrar a decisão para o ano que vem, na reunião de fevereiro, em Genebra,
> quando deverá haver nova votação, caso a Microsoft corrija os problemas
> apontados nos comentários submetidos agora. Para ser aprovado nessa
> primeira rodada o padrão Open XML precisa ser aprovado por 2/3 dos países
> membro. O resultado da votação deve ser divulgado nesta quarta-feira (4/9).
>
> Até o fim do domingo haviam votado contra o padrão da Microsoft o Brasil,
> Índia, China, Espanha, África do Sul, Nova Zelândia, França, Dinamarca e
> Noruega, e a favor Portugal, Alemanha, Romênia, Hungria e EUA. Itália e
> Austrália se abstiveram e a Suécia teve seu voto invalidado depois que veio
> a público a notícia de que um funcionário da Microsoft ofereceu vantagens
> em troca de votos favoráveis ao formato. Ao todo, 39 países estão entre os
> membros do JTC1 e 36 entre os membros da subcomissão SC 34 com direito a
> voto. Portanto, muita água ainda vai rolar por baixo da ponte.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a