<b>Encontro-convergência</b> de <b>mulheres
* Carnaval Eclético Tech / Brasil
de 2 a 5 de dezembro 2007
Salvador - BA

Informações: http://midiatatica.org/g2g/etc/

O carnaval eclético tech é um <b>encontro-convergência</b> de <b>mulheres</b> que estão pensando, experimentando e se apropriando criticamente das <b>tecnologias</b> de mídia. Tendo como foco a questão de gênero ou co-laborando com grupos constituidos por mulheres, outras vezes mistos (meninos e meninas), nos organizamos por afinidades e o desejo de aprendizado mútuo, mais do que identidades.

Utilizamos ferramentas livres para produzir espaços virtuais e reais de <b>prática</b> horizontal e <b>expressão</b> coletiva.

grep@ Estudos da Sociedade Brasileira de Computação apontam que o número pequeno de mulheres que ingressam na área de Ciências da Computação, hoje está ficando ainda menor, ou seja, ocorre uma debandada feminina da área. (1)

Durante o último Fórum do Software Livre em Porto Alegre (abril de 2007) (2), só houve uma apresentação do tema gênero, ao lado de 479 propostas técnicas e comunitárias de outros 27 países. Nenhuma brasileira! Fato que coloca em perspectiva o quão libertária é de fato a própria cultura do software livre, que segundo outra pesquisa recente (3) dispõe de apenas 1,5% de programadoras mulheres em todo o planeta.

A situação não-coincidentemente é a mesma, em todos os campos que controlam o poder formal, artificialmente construido.

## Mas nossa estratégia não é ingressar nestes espaços, queremos de fato nos des-especializar, ao mesmo tempo brincar e politizar as novas tecnologias. E queremos fazer isso de dentro de nossas casas, aonde fomos inicialmente re-legadas. <b>Retomamos os espaços íntimos!</b> Nos assumimos ciborgues e mães. Teletrabalhando como formiguinhas. Uma vez retalhadas nos vemos múltiplas e paralelas, e agora juntas. <b>Retomamos os espaços públicos!</b> Há quem acredite que há inteligência no formigueiro e não na sincronididade da formiga. Entramos aqui em simbiose com o sistema, de onde não há volta possível. Vamos celebrar o novo feminismo, <b>retomamos a tecnologia!</b>

(1) “Segundo levantamento realizado pela SBC, na pós-graduação em Ciência da Computação, atualmente cerca de 25% dos estudantes são mulheres. Já o número de professoras varia entre 25% e 30%. Segundo o MEC, o número de mulheres que concluiu a graduação em Ciência e Engenharia da Computação em 2004 foi de 3.049 de um total de 13.606 estudantes, baixando de 30%, há 15 anos, para 5% a 10%. .” (site da FAPESP)

Everton

-------------------------------------------------------------
Associacao Software Livre.Org - http://www.softwarelivre.org/

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a