Exatamento Felipe,

Não queria colocar o produto em si.. para não parecer propaganda...
mas já que você achou.. este é um dos principais que pretendo mudar
para S.L. (http://linux.insigma.com.br/). Fiz alterações nele, em
relação ao kernel (com patches de segurança, livre nas net)... squid,
samba, htb... muita coisa alterada mas todos com patches livres. O que
fiz do zero foi o gerenciador... e que hoje não é disponível... é
fechado.. mas é o que gostaria de deixar livre... e estou estudando
como fazer isto sem que eu perca o negócio atual..

Veja bem... tenho cerca de 800 usuários cadastrados... meu servidor de
update registra em média 200 servidores online... mas cerca 50% são
usuários que realmente pagaram a licença. O resto é suporte esporádico
para configuraçào mais específica (rotas avançadas, personalização,
discador, etc...)... mas que também gera renda. A outra grande maioria
restante eu não tenho controle e não conheço quem estaria usando o
sistema.

Assim, veja... que mesmo sendo proprietário... não consigo controle
sobre o software... imagine quando estiver S.L... Acredito que estes
tipos de sistemas vão ter muitos concorrentes em pouco tempo... e uma
boa quantidade serão S.L...
O fato de alta disseminação de S.L. é uma característica que pretendo explorar..

Mas como você mesmo disso.. é questào de se organizar... e estudar...
que é o que ando fazendo nas últimas semanas...

Agradeço as colaborações da lista,
Ricardo Marcaicni.

Em 26/11/07, Felipe Augusto van de Wiel (faw)<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> -----BEGIN PGP SIGNED MESSAGE-----
> Hash: SHA1
>
> On 23-11-2007 13:09, Ricardo Marcacini wrote:
> [...]
> > A documentação é simples, rápida...
>
>         Essa é uma área em que pode-se investir.
>
>
> > Não diria sistema especialista...  diria sistema específico pra
> > situações específicas (ex: proxy com controle de conteúdo).
> >
> > Quem quer algo do tipo.. quer instalar uma vez na vida.. configurar..
> > e nunca mais vai por a mão...
>
>         O que _realmente_ preocuparia um Administrador de Sistemas
> ou Administrador de Redes, especialmente por itens como segurança,
> atualização, ajustes.
>
>
> > Assim:
> > Não precisa de suporte.
> > Se tiver algo de graça, certeza que ele vai colocar o de graça.
>
>         Não tenha tanta certeza disso, "big players" costumam
> gostar de pagar, e muitas empresas gostam da idéia de vincular-se
> a um fornecedor, ainda que o produto seja livre.
>
>
> > O negócio é pra me sustentar só... (não vou pro inferno)...
> >
> > Minha dúvida era formas de aplicar software livre em negócios...
>
>         Há várias formas, o modelo varia, cada empresa procura
> seu espaço e sua forma de organizar, isso depende de cada caso,
> há quem atue em serviços, há quem opte pela linha de treinamentos,
> há quem trabalhe com garantia, outros com suporte, há a parte de
> documentação, há diversos campos de acordo com o segmento.
>
>
> > parece que apenas comunidades sem fins lucrativos ganham com isso...
>
>         Acho que IBM, Canonical, Oracle, RedHat, Novell, Sun,
> Intel, Governos e vários outros discordam da afirmação acima.
>
>
> > ou empresas que trabalham com suporte... ou então empresas que vendem
> > uma versào livre meio boca e a versào boa é fechada... estou errado?
>
>         Parcialmente, sim. Mas comecemos do começo.
>
>         Deixa eu ver se eu entendi alguns pontos importantes desta
> discussão, estamos falando da personalização de um sistema para
> facilitar a vida do usuário, uma espécie de distro GNU/Linux mais
> fácil para quem quer cuidar de sua rede. Uma rápida pesquisa levaria
> a algo como o [1][2]Insigma GNU/Linux que parece ser exatamente o
> produto que está relacionado com o que você descreveu e parece
> também estar ligado à você de alguma forma.
>
>   1. http://www.insigma.com.br/
>   2. http://linux.insigma.com.br/
>
>
>         O primeiro ponto é que, independe se você altera algum
> programa sob licença GNU/GPL, BSD, MIT, Apache, para quase
> todos você tem que disponibilizar os fontes mesmo que idênticos
> ao do "upstream", pelo menos os que forem GNU/GPL, e não, apontar
> para o FTP do "upstream" não é o bastante nem suficiente.
>
>         A partir daí, vamos identificar dois grandes tipos de
> mudanças/alterações, as que envolvem diretamente código já
> existente sob uma licença livre e as que envolvem a inserção
> de um produto ou código 100% desenvolvido por você sob uma
> licença não-livre.
>
>         Falando das mudanças envolvem código GNU/GPL ou alguma
> mudança em código que seja similar e que defenda as quatro
> liberdades, então você precisa distribuir estas mudanças. Por
> exemplo, você aplicou um patch no Squid para simplificar algo,
> os seus clientes têm direito ao patch que você aplicou (note
> que você não é obrigado a distribuir publicamente, mas pelo
> menos os seus clientes têm esse direito).
>
>         Por seu uma distro, digamos que você tenha feito um
> Painel de Controle (algo como cPanel, ou GPLHost), este é um
> programa independente do resto (talvez dependa de como ele se
> liga a outras bibliotecas de acordo com a licença de cada uma
> delas), mas este Software você não precisa abrir o
> código-fonte.
>
>         Note que a parte que rege a distribuição de CDs/DVDs
> que mesclam software livre com software não-livre é um tanto
> quanto cinzenta e há divergências, especialmente porque
> certo/errado, ético, legal/ilegal acabam se misturando nesta
> linha específica de análise, gerando diversas dúvidas e, como
> de costume, dependeria de um análise caso-a-caso.
>
>         Não há uma "receita de bolo", se houvesse, algumas
> empresas não teriam quebrado a cara com tanta força. O SL
> é um modelo novo, basta ver como algumas organizações e
> projetos "nasceram mortos", e temos exemplos aqui no Brasil
> mesmo. Por outro lado, existe uma grande lista de pequenas
> idéias que explodiram e se tornaram empresas (ou projetos)
> de muito sucesso (inclusive financeiro).
>
>         Abraço,
> - --
> Felipe Augusto van de Wiel (faw)
> "Debian. Freedom to code. Code to freedom!"
>
> -----BEGIN PGP SIGNATURE-----
> Version: GnuPG v1.4.6 (GNU/Linux)
> Comment: Using GnuPG with Mozilla - http://enigmail.mozdev.org
>
> iD8DBQFHSv/mCjAO0JDlykYRAgWmAKDKfSelf7qJJVpnSDNciqQpfGO05ACgn/i0
> hDo4BS7o84N6OQrtwHXC3nM=
> =Uz8h
> -----END PGP SIGNATURE-----
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a