Sei que não se deve tomar o todo pelas partes, mas cada vez mais em questiono 
se não existe no que se denomina  "Comunidade de Software Livre Brasil" um 
"núcleo duro"/uma "grande periferia", ou, nas palavras de Bruno Latour, "um 
grande divisor".

Segundo o que vejo (e sinto) faço parte da "grande periferia" (ao menos no caso 
do Brasil).

Cordialmente,

Marcus Vinicius.

> enviar inscrições da lista de discussão Send PSL-Brasil para
>       psl-brasil@listas.softwarelivre.org
>
> Para se cadastrar ou descadastrar via WWW, visite o endereço
>       http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> ou, via email, envie uma mensagem com a palavra 'help' no assunto ou
> corpo da mensagem para
>       [EMAIL PROTECTED]
>
> Você poderá entrar em contato com a pessoa que gerencia a lista pelo
> endereço
>       [EMAIL PROTECTED]
>
> Quando responder, por favor edite sua linha Assunto assim ela será
> mais específica que "Re: Contents of PSL-Brasil digest..."
>
>
> Tópicos de Hoje:
>
>    1. Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest
>       PSL-Brasil,     volume39, assunto 6] (Omar Kaminski)
>    2. Re: Software Público é tema de conferência na Europa
>       (Silveira Neto)
>    3. Re: Software Público é tema de conferência na Europa
>       (Alberto Barrionuevo)
>    4. Re: Software Público é tema de conferência na Europa
>       (Antonio Terceiro)
>    5. Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest
>       PSL-Brasil,     volume 39, assunto 6] (Antonio Terceiro)
>    6. Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest
>       PSL-Brasil,     volume 39, assunto 6] (Fernanda G Weiden)
>    7. Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest
>       PSL-Brasil,     volume 39, assunto 6] (china)
>
>
> ----------------------------------------------------------------------
>
> Message: 1
> Date: Wed, 16 Jan 2008 19:12:05 -0200
> From: "Omar Kaminski" <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest
>       PSL-Brasil,     volume39, assunto 6]
> To: "Projeto Software Livre BRASIL"
>       <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> Message-ID: <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; format=flowed; charset="iso-8859-1";
>       reply-type=original
>
> Acho que o mais provável seria que o contrário acontecesse -- algum
> palestrante processando a ASL ou alguém do FISL por uso indevido ou ausência
> de autorização.
>
> Essa questão está se arrastando há um bom tempo sem que encontre solução, ao
> meu ver por pura falta de organização. Basta enviar um termo de cessão por
> email aos palestrantes, e estes entregarem assinado quando da palestra.
> Lamento mas acho que não é por aí, Marcus, essa conversa de "muuitas pessoas
> usam e nunca ouvi ninguém ser processado". Peraí, software grátis, uso de
> imagem grátis, que mais falta? Entrada de graça no FISL? Pois é.
>
> E quando alguém pede prestação de contas do FISL fica falando sozinho. Que
> nonsense...
>
> []s
>
>
>
> ----- Original Message -----
> From: "Marcus de Vasconcelos Diogo da Silva" <[EMAIL PROTECTED]>
> To: <[EMAIL PROTECTED]>; "Projeto Software Livre BRASIL"
> <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> Sent: Wednesday, January 16, 2008 5:20 PM
> Subject: Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest PSL-Brasil,
> volume39, assunto 6]
>
>
> Desculpe me cortar o raciocinio só gostaria de saber se a ASL ou alguém
> da FISL já notificou, reclamou, ou processou algum palestrante. Eu digo
> isso pois o material do FISL é riquissimo e muuitas pessoas usam e nunca
> ouvi ninguém sendo processado. Eu acho que eles fazem isso apenas para
> se resguardar e não para prejudicar ninguém. se a m$ por exemplo quiser
> usar a imagem de algum palestrante distorcendo as palavras dele apenas
> advogados respondendo pela ASL poderiam processar. Algo muito comum no
> submundo da advocacia.
>
>
>
> ------------------------------
>
> Message: 2
> Date: Thu, 17 Jan 2008 01:55:54 -0300
> From: "Silveira Neto" <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-Brasil] Software Público é tema de conferência na
>       Europa
> To: "Projeto Software Livre BRASIL"
>       <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset="iso-8859-1"
>
> Henrique, eu entendo Software Aberto como um sinônimo para Código Aberto,
> mas não como um sinônimo de Software Livre ou Código Livre. Ou seja,
> software aberto é aquele onde você pode ver o código-fonte (geralmente sob
> certas restrições) mas não necessariamente pode modificar e redistribuir, o
> Software Livre é aberto mas o Software Aberto não necessariamente é livre.
> Eu pessoalmente, sou um entusiasta do Software Livre.
>
> --
> -------
> silveiraneto.net
> eupodiatamatando.com
> -------------- Próxima Parte ----------
> Um anexo em HTML foi limpo...
> URL: 
> http://listas.softwarelivre.org/pipermail/psl-brasil/attachments/20080117/e3ef65fd/attachment-0001.html
>
> ------------------------------
>
> Message: 3
> Date: Thu, 17 Jan 2008 12:24:40 +0100
> From: Alberto Barrionuevo <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-Brasil] Software Público é tema de conferência na
>       Europa
> To: psl-brasil@listas.softwarelivre.org
> Message-ID: <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain;  charset="utf-8"
>
> Amigos,
>
>       o QualiPSo está principalmente composto por grandes companhias e elas
> geralmente não gostan da expresão "software livre" e a trocan por "codigo
> aberto". Mais em iste caso é o mesmo. A gente que em verdade esta fazendo o
> trabalho em QualiPSo, algumas universidades da Europa (a Universidad Rey Juan
> Carlos de Madrid entre elas), perceben perfectamente que o trabalho é sobre
> software livre.
>
> Abraço,
> --
> Alberto Barrionuevo
> President FFII
> www.ffii.org
>
>
>
> El Thursday 17 January 2008 05:55:54 Silveira Neto escribió:
> > Henrique, eu entendo Software Aberto como um sinônimo para Código Aberto,
> > mas não como um sinônimo de Software Livre ou Código Livre. Ou seja,
> > software aberto é aquele onde você pode ver o código-fonte (geralmente 
> > sob
> > certas restrições) mas não necessariamente pode modificar e 
> > redistribuir, o
> > Software Livre é aberto mas o Software Aberto não necessariamente é 
> > livre.
> > Eu pessoalmente, sou um entusiasta do Software Livre.
>
>
>
>
>
> ------------------------------
>
> Message: 4
> Date: Thu, 17 Jan 2008 10:32:16 -0300
> From: Antonio Terceiro <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: [PSL-Brasil] Software Público é tema de conferência na
>       Europa
> To: psl-brasil@listas.softwarelivre.org
> Message-ID: <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=utf-8
>
> Silveira Neto escreveu isso aí:
> > Henrique, eu entendo Software Aberto como um sinônimo para Código Aberto,
> > mas não como um sinônimo de Software Livre ou Código Livre. Ou seja,
> > software aberto é aquele onde você pode ver o código-fonte (geralmente 
> > sob
> > certas restrições) mas não necessariamente pode modificar e 
> > redistribuir, o
> > Software Livre é aberto mas o Software Aberto não necessariamente é 
> > livre.
>
> Não.
>
> "Software aberto", ou "código aberto", é isso aqui:
>
> http://www.opensource.org/docs/osd
>
> Em especial:
>
>   3. Derived Works
>
>   The license must allow modifications and derived works, and must allow
>   them to be distributed under the same terms as the license of the
>   original software.
>
> Quando se está falando dos softwares em si, "software livre" e "código
> aberto", na prática, se referem à mesma coisa.
>
> Quando se está falando de militância, a "turma do código aberto" o
> define como uma metodologia de desenvolvimento [1], enquanto a "turma do
> software livre" se auto-define como um movimento social [2].
>
> 1. http://www.opensource.org/
>
>   Open source is a development method for software that harnesses the
>   power of distributed peer review and transparency of process. The
>   promise of open source is better quality, higher reliability, more
>   flexibility, lower cost, and an end to predatory vendor lock-in.
>
> 2. http://www.gnu.org/philosophy/open-source-misses-the-point.html
>
>   Nearly all open source software is free software; the two terms
>   describe almost the same category of software. But they stand for
>   views based on fundamentally different values. Open source is a
>   development methodology; free software is a social movement. For the
>   free software movement, free software is an ethical imperative,
>   because only free software respects the users' freedom. By contrast,
>   the philosophy of open source considers issues in terms of how to make
>   software “better”—in a practical sense only. It says that non-free
>   software is a suboptimal solution. For the free software movement,
>   however, non-free software is a social problem, and moving to free
>   software is the solution.'
>
> (tudo isso, claro, tendo por premissa que OSI e FSF têm legitimidade pra
> serem considerados referência com relação às definições de "open source"
> e "free software", respectivamente)
>
> --
> Antonio Terceiro <[EMAIL PROTECTED]>
> http://people.softwarelivre.org/~terceiro/
> GnuPG ID: 0F9CB28F
>
>
>
>
> ------------------------------
>
> Message: 5
> Date: Thu, 17 Jan 2008 10:35:57 -0300
> From: Antonio Terceiro <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest
>       PSL-Brasil,     volume 39, assunto 6]
> To: psl-brasil@listas.softwarelivre.org
> Message-ID: <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=iso-8859-1
>
> Fabianne Balvedi escreveu isso aí:
> > 2008/1/16 Fernanda G Weiden <[EMAIL PROTECTED]>:
> [...]
> > > Se eu concordo com os termos? Não necessariamente, mas eu entendo o
> > > rational atrás dele, e ficaria muito feliz se alguém soubesse como
> > > resolver essa equacão de forma que pudessemos distribuir o
> > > conhecimento compartilhado lá da forma mais livre, e ao mesmo tempo
> > > viabilizasse a continuidade do evento, o que vem sendo um desafio.
> >
> >
> > levantar recursos para ir ao FISL também é um desafio para
> > cada palestrante. Você não acha que o mínimo de retribuição
> > seria ele poder usar a palestra dele como bem entendesse?
> > O FISL continuaria podendo comercializar as palestras
> > sem problema nenhum, a única diferença seria que cada palestrante
> > também poderia fazer o mesmo com sua própria palestra.
> > Talvez alguns se juntassem para lançar um DVD juntos
> > e assim conseguir uma ajuda de custo para financiar
> > a ida ao próximo FISL, vc não acha que este
> > seria um benefício mais do que justo?
>
> Eu acho justíssimo. Faz um patch com as suas sugestões de mudança em
> relação ao termo atual e manda pra organização do FISL, que tal? :)
>
> --
> Antonio Terceiro <[EMAIL PROTECTED]>
> http://people.softwarelivre.org/~terceiro/
> GnuPG ID: 0F9CB28F
>
>
>
>
> ------------------------------
>
> Message: 6
> Date: Thu, 17 Jan 2008 11:37:30 -0200
> From: "Fernanda G Weiden" <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest
>       PSL-Brasil,     volume 39, assunto 6]
> To: "Projeto Software Livre BRASIL"
>       <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset=UTF-8
>
> Em 17/01/08, Antonio Terceiro<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> > Eu acho justíssimo. Faz um patch com as suas sugestões de mudança em
> > relação ao termo atual e manda pra organização do FISL, que tal? :)
>
> Também gosto da sugestao.
>
> Abracos,
> nanda
> --
> Free Software Foundation Latin America           http://www.fsfla.org
>
> ------------------------------
>
> Message: 7
> Date: Thu, 17 Jan 2008 13:24:57 -0200
> From: china <[EMAIL PROTECTED]>
> Subject: Re: palestras FISL [era: Re: [PSL-Brasil] Re:Digest
>       PSL-Brasil,     volume 39, assunto 6]
> To: "Projeto Software Livre BRASIL"
>       <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
> Message-ID:
>       <[EMAIL PROTECTED]>
> Content-Type: text/plain; charset="iso-8859-1"
>
> Em 16/01/08, Fernanda G Weiden <[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> >
> > A idéia da cessão de direitos é uma forma para fazer a ASL lucrar com
> > a venda dos DVDs, e conseguir fazer o FISL continuar acontecendo. A
> > cada ano que passa, isso fica mais difícil.
> > Se eu concordo com os termos? Não necessariamente, mas eu entendo o
> > rational atrás dele, e ficaria muito feliz se alguém soubesse como
> > resolver essa equacão de forma que pudessemos distribuir o
> > conhecimento compartilhado lá da forma mais livre, e ao mesmo tempo
> > viabilizasse a continuidade do evento, o que vem sendo um desafio.
>
>
> Desde que milito no movimento escuto falar de que é preciso encontrar um
> modelo de negócio diferente do que  é praticado no mundo do Software
> Proprietário, que é o de comercializar licença e receber royalties, para que
> o Software Livre possa  se tornar algo que possa gerar renda para os autores
> e para o país. Estranho tanto tempo depois ver que regredimos muito, pois
> além de não conseguir esse modelo diferente para o Software Livre estamos
> importando o modelo de comercialização do conhecimento do mundo
> proprietário, a ponto de "lucrar com a venda dos DVDs" para financiar um
> evento como o FISL.
>
> Desde lá apareceram alternativas, como Freedows e UniteLinux, mas todas
> imitavam de alguma forma o modelo tradicional. Será que não é hora de tentar
> resolver isso? Tentar fazer com que algo licenciado sob a GPL possa gerar
> renda sem precisar comercializar licenças e royalties?
> -------------- Próxima Parte ----------
> Um anexo em HTML foi limpo...
> URL: 
> http://listas.softwarelivre.org/pipermail/psl-brasil/attachments/20080117/40de9598/attachment.htm
>
> ------------------------------
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
>
>
> Fim da Digest PSL-Brasil, volume 39, assunto 10
> ***********************************************
>

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a