2008/2/25 mvbsoares <[EMAIL PROTECTED]>:

>
> Diante disto, minha pergunta é: suponhamos que todos os livros sejam
> Creative Commons, com preservação de autoria, com livre cópia sem alteração
> e sem fins comerciais. Como os autores vão sobreviver se, diferentemente de
> uma banda de rock, o trabalho deles é **justamente** escrever, ou seja, não
> há como o autor fazer uma apresentação ?
>

Eu chamo esse argumento de "a grande inversão", e considero um dos golpes
ideológicos mais bem dados e mais ubíquos de toda a nossa cultura. Antes de
serem inventados esses direitos artificiais baseado em economia de escassez
chamados de "direitos autorais", não havia esse pensamento que o cara
*fez*e agora todo mundo é obrigado a pagá-lo. Perdemos toda a noção de
meios de
produção: como estamos imersos num meio em que a chamada "propriedade
intelectual" é totalmente universal, ubíqua, agimos como se ela sempre
existisse.

O certo é ir no sentido contrário, raciocinar como o que criou a noção de -
por exemplo - direitos autorais em primeiro lugar: pô, o cara tem capacidade
de criar um livro muito legal, com informações muito boas, mas se ele fizer
isso vai morrer de fome, porque demanda muito trabalho e todo mundo via
gostar do livro mas vai copiar livremente. Como podemos inventar algum
esquema em que sujeitos como esse possam subsistir fazendo só isso? Já sei,
vamos proibir as pessoas de copiar o que ele escreve sem a permissão dele.
Assim, se ele escrever algo legal, vão ter que pagá-lo pra copiar e ele vai
ser incentivado a fazer mais e mais disso. Funcionava basicamente porque
copiar custava um bom dinheiro e se aproximava de criar o negócio do zero.

E esse raciocínio, claro, tornou-se obsoleto com os tempos atuais em que a
cópia custa virtualmente zero. A propriedade intelectual é um conceito
antiquado, ultrapassado, anacrônico, só que a sociedade está tão estruturada
em torno dessa porcaria que não conseguimos nem pensar direito sem ela. Daí
a invenção de aberrações como o DRM.

Apenas inventem um jeito novo de incentivar pessoas a escrever livros,
músicas, softwares e sei lá mais o quê sem serem empata-f***s de não querer
ser copiados. E parem de repetir esses mantras religiosos como "o cara tem
que ser pago por ter escrito X!", que não são argumentos de verdade.

[]s,

Patola
P.S.: O que escrevi está ruim, porque estou com sono e indo dormir. Mas essa
era supostamente pra ser uma lista "iluminada", que conseguiria ver além do
próprio nariz. Por que argumentos como o acima ainda são repetidos?
-- 
R: Talvez porque algumas delas se aborreçam com seu top-post.
P: Por que as pessoas não respondem às minhas perguntas?
R: Porque ele bagunça a ordem em que as pessoas lêem texto (perguntas
seguidas de respostas).
P: Por que top-post é algo ruim?
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a