Creio que não haja confusão.

A obra precisa ter algum comando/marca para ser interpretada pelo DRM. Então por exclusão a obra que não tem poderia a priori ser considerada livre (pelo menos de DRM).


Mas uma das questões que coloquei é justamente essa: o arquivo (ebook/software/filme/musica) não possuir um comando/marca DRM não é suficiente para atestá-la como livre.

[]s


----- Original Message ----- From: "Alexandre Oliva" <[EMAIL PROTECTED]>
To: "Omar Kaminski" <[EMAIL PROTECTED]>
Cc: "PSL-Brasil" <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
Sent: Thursday, February 28, 2008 4:26 AM
Subject: Re: [PSL-Brasil] P2P, intermediários, lucros, sobrevivência (era: O Segredo bla bla bla)


Poderíamos argumentar: o que tem DRM é não-livre, e o que é livre é
todo o resto,

Peraí que tem confusão aqui.  O que tem DRM ou não não é a obra.  O
que tem DRM é o equipamento ou programa que executa a obra, e que se
recusa a fazer determinadas coisas dependendo das marcas que encontra
ou não. (...)


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a