Esta discussão não está rendendo muito, mas segue mais uma resposta a alguns pontos que merecem consideração.

----- Original Message ----- From: "Alexandre Oliva" <[EMAIL PROTECTED]>
To: "Omar Kaminski" <[EMAIL PROTECTED]>
Cc: "PSL-Brasil" <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
Sent: Thursday, February 28, 2008 4:26 AM
Subject: Re: [PSL-Brasil] P2P, intermediários, lucros, sobrevivência (era: O Segredo bla bla bla)

(...) Daí eu dizer que não tem como ter DRM do bem.  Uma vez que o
equipamento começa a decidir por você o que você pode ou não fazer,
acabou.  Não dá pra argumentar com o programa que você pode porque a
lei mudou, que você pode porque é uso justo, que você pode porque o
direito autoral expirou.  O programa não deixa e pronto, danou-se.

* Talvez você conheça menos de DRM do que eu supunha, ou demoniza-o mais do que eu imaginava. De fato a máquina ou o programa ou os comandos não são tão inteligentes (ainda) para decidir por você, mas na certa podem rastrear certos hábitos ou atitudes *com base no que algum humano programou*. Uso justo não existe no Brasil. E até o direito autoral expirar... se vão décadas. O programa não deixa porque quem o adotou não quer. Portanto o problema não é o programa em si, mas sim quem o adota e com base em que rotinas.

Pensa de novo no Software Livre e a Matrix.  Se tivesse DRM efetivo,
você acha que eu teria conseguido criar essa nova obra?  Como é que o
programa ia saber o que eu tava fazendo e como pretendia usar os
trechos que copiei pra ver que de fato é tudo permitido pelas leis
vigentes no Brasil?  Como ele ia saber se eu estava mesmo no Brasil,
ou em alguma jurisdição estrangeira que não permitisse o que eu fiz?

* Nem é o caso de leis vigentes. É só programar os comandos com base nelas, e esta aí o tal "pulo do gato" e também porque sou contra a demonização de certos programas apenas porque *podem* fazer tais coisas. Podem ser usados para o bem ou para o mal. Podemos usar uma analogia chula qualquer: proibir armas porque *podem* matar pessoas, ou carros porque *podem* atropelar pessoas ou são poluentes. E saber se você está em alguma jurisdição, às vezes basta o IP ou um traceroute. Claro, pode ser burlável, tudo pode ser.

[]s
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a