Correção: onde se lê FSLA, leia-se ou FSFLA ou FSF apenas. Faltou um F
e ai o termo ficou perdido, podendo acidentalmente gerar dúvidas,
desculpem.

Em 08/03/08, Pablo Sánchez<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
> Em 08/03/08, Fernanda G Weiden<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
>
> > Em 08/03/08, Pablo Sánchez<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
>  >  > Em 08/03/08, Pablo Sánchez<[EMAIL PROTECTED]> escreveu:
>  >  >  E novamente, o reforço: não estou atacando a GPL, mas apenas o fato de
>  >  >  que ela é uma regulamentação (consequencia de outra? ok, mas ainda
>  >  >  asism é uma regulamentação).
>  >
>  >  Nao é regulamento de forma alguma, licenciamento está nas mãos de quem
>  >  escreve um pedaćo deo código.
>
>
> ... ai ai... continua sem entender: cada um licencia como quer,
>  verdade, a menos que vc derive, aí, a GPL vira regulamentação, e eu
>  sou obrigado a manter o licenciamento e manter aberto, e etc etc
>  etc... de boa, essa discussão já tive com vários, e te garanto que não
>  vou conseguir fazer vc entender meu ponto. Ou me falta a capacidade de
>  explicar, ou falta a abertura da pessoa em entender, tanto faz, a
>  questão é que é como eu querer te converter ao budismo vc sendo
>  crente, ou outra religião: tem coisa, que nem vale à pena tentar.
>
>
>  > Se você não gosta da GPL, vá usar BSD,
>  >  Apache ou seja lá o que escolher.
>
>
> Se for MEU código, sim, posso escolher. Agora, se for código dos
>  outros, não posso, exceto se for uma BSD da vida, aí, posso até
>  colocar na minha pilha TCP/IP e fechar o fonte (como a MS fez com a
>  pilha dos BSDs ao colocá-la nos NTs... mas isso faz tanto tempo...)
>
>
>  > Eu sou profissional de Computacão,
>
>
> Yeee! Boa parte aqui é. E isso é bom.
>
>
>  >  mas não quero me formar em computacao e não tenho o direito de
>  >  escolher mais nada. A não ser que eu não queira mais atuar na minha
>  >  área
>
>
> hã... não tem direito de escolher mais nada? meio extenso demais isso,
>  não acha? Mais nada o q? Carreira? Não entendi, sério, porque, até
>  onde eu saiba, sempre se pode escolher, mas toda a escolha tem seu
>  preço, a questão é estar disposto a pagar (só que aí já ficamos
>  filosóficos demais, e não vamos chegar a lugar nenhum). Só queria
>  esclarecer: não pode escolher mais nad ao q? Considerando que sua
>  assinatura está como Speaker (porta voz) acho que isso já é uma
>  escolha relativamente fora da computação. Então, escolhas sempre temos
>  (senão, para que diabos as eleições?), a questão é como as encaramos.
>
>  Por favor, me explica só um pouco mais a fundo este ponto, porque
>  realmente eu fiquei confuso.
>
>
>  >  É como forcar todo software ser GPL.
>
>
> ? Acha que forçar todo mundo a estudar é como forçar todo o software a
>  ser GPL? É bem diferente na verdade. A pessoa pode estudar o que
>  quiser, e se especializar como quiser, e fazer a carreira que quiser.
>  Já GPL, uma vez GPL, sempre GPL.. Assim como não existe apenas o curso
>  de Análise (há vários interligados) não há apenas GPL. Você apenas
>  está colocando que para ser analista tem que atender a X critérios,
>  assim como a FSLA coloca que para ser livre tem que atender a Y
>  critérios, desqualificando praticamente todo o resto que não for
>  GPL...
>
>  A GPL é uma regulamentação, e vcs a usam como base para definir que um
>  Software é Livre e outro é apenas aberto (como vcs fizeram com BSD).
>  Então porque não podemos ter uma regulamentação que defina quem pode
>  ser profissional da área enquanto outros podem no máximo serem
>  "usuários avançados" (termozinho odiável esse, e comparação
>  provocativa, eu sei, mas veja que estou apenas pegando emprestado o
>  que vcs fazem e criando uma analogia).
>
>  Um abc
>
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a