Caros,

Vale lembrar do Guia Livre, que traz experiências de migração. É obrigatória a leitura:
https://www.governoeletronico.gov.br/anexos/E15_469GuiaLivre-v1-02.pdf

Uma dica que sempre deu certo (Rio das Ostras, Governo do Rio, etc) é dar as melhores e mais novas máquinas e um atendimento VIP a quem escolher o novo sistema (não chame de linux pois mete medo). Em Rio das Ostras, o nome do sistema da prefeitura foi batizado de "Tatuí". Lembro dos comentários de alguns funcionários, quando estive lá: - Olha, desta vez eles acertaram. Este sistema novo é muito melhor que aquela porcaria de linux. Este sim, é fácil de usar, tem programas bons. Quem se lembra do projeto?

Boa sorte e sucesso ao Marcus!

Glauber Machado Rodrigues (Ananda) wrote:
2008/3/19 Ricardo Bánffy <[EMAIL PROTECTED]>:
Acho que esse é um problema complexo. Pode se começar migrando aplicações
back-end para web, certificando-as para funcionar sem IE. A vantagem desse
primeiro passo é que o IE pode ser removido das máquinas e algumas, onde só
se usam essas aplicações, podem ser migradas.

Exato, não é uma coisa que se faça à distância. O ponto é que a ultima coisa que
se deve fazer é separar os usuários dos programas que eles gostam, e não a
primeira.
...
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a