Homem de Ferro se opõe a código aberto em nova HQ

Invincible Iron Man mostra o filho de Obadiah Stane como uma mistura
de hacker e homicida
28/04/2008Érico Assis


 Uma das principais discussões do mercado de alta tecnologia está por
 trás da história de abertura de Invincible Iron Man, nova série do
 Homem de Ferro, que estréia nos EUA junto ao filme, esta semana. Tony
 Stark, o empresário-herói multimilionário, enfrenta um vilão descrito
 como "terrorista do código aberto".

 O movimento pelo código aberto (open source) defende que sistemas
 tecnológicos devem ser livremente manipulados e adaptados pelos seus
 usuários, sem restringir essas ações às empresas que os fabricaram.
 Segundo o movimento, todo software deveria ter seu código de
 programação aberto para manipulação dos usuários - como acontece no
 caso do sistema operacional Linux. Parte das empresas de tecnologia
 atuais rejeita as idéias do movimento.

 No Universo Marvel, Tony Stark está do lado das grandes empresas - ele
 tem uma dessas, afinal. "É uma coisa interessante da sua
 personalidade. Ele quer dar essa fantástica tecnologia para o mundo,
 mas fica nervoso quando alguém a utiliza", diz o escritor de
 Invincible Iron Man, Matt Fraction, em entrevista ao Comic Book
 Resources. "O mundo é perigoso e, apesar de todos seus avanços, a
 tecnologia traz novos perigos. Há o lado bom e o lado ruim, e Tony não
 quer assumir essa responsabilidade. É uma grande responsabilidade e
 vemos em Invincible Iron Man #1 que quando a tecnologia é utilizada
 para propósitos nefastos Tony sente isso profundamente."

 O primeiro inimigo na nova série é o jovem Ezekiel Stane, filho de um
 antigo adversário de Stark: Obadiah Stane, que é o antagonista na
 adaptação cinematográfica. Fraction descreve Ezekiel como "o código
 aberto frente ao código fechado opressor de Stark. Ele não tem
 quartel-general, não tem base, não tem conta bancária. Totalmente fora
 do sistema, flexível, móvel. Isso vai totalmente contra a sabedoria
 empresarial de Tony, o jeito que ele aprendeu a fazer as coisas – com
 bancos, advogados, indústrias, testes. Stane é diferente. Ele é mais
 esperto, mais móvel, com reações mais velozes".

 Para dar noção da ameaça do jovem Stane, a Marvel liberou as primeiras
 páginas da nova série, em que Ezekiel reúne-se com a diretoria de uma
 grande empresa e expõe suas idéias de uma forma bastante...
 destruidora. Os desenhos são de Salvador Larroca. Confira abaixo.

 http://www.omelete.com.br/quad/100012332.aspx


 --
 Fabianne Balvedi
 GNU/Linux User #286985
 http://fabs.estudiolivre.org
 "Devemos lutar pela igualdade
 sempre que a diferença nos inferioriza,
 mas devemos lutar pela diferença
 sempre que a igualdade nos descaracteriza".
 Boaventura de Sousa Santos
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a