On May 30, 2008, Julian Carlo Fagotti <[EMAIL PROTECTED]> wrote:

> Uma Agenda positiva de SL para a América Latina:

>  1. Temos o FISL.
>  2. Temos a Latinoware.

Temos o FLISOL

Temos as Jornadas Regionais de Software Livre

>  3. Temos um Governo Federal com partes importantes em migração.
>  4. Temos o Governo do Paraná.
>  5. Temos outros governos estaduais implementando alguma coisa de software
>  livre, BA, SE, SC...

Municipais também.

>  6. Temos repositório de programas estatais.
>  7. Não temos um SourceForge dos programas abertos e/ou livres, estatais
>  para discutir patch, ChangeLog, bugs, if,  bibliotecas...

Acho que existe mais de um de cada.

Em cima disso, duvido da utilidade e da eficiência de manter os
*nossos* repositórios e sites ao mesmo tempo em que almejamos a
cooperação com a comunidade internacional:

>  8. Não temos, ou temos pouca interlocução com países que tem interesse em
>  implementar software livre na administração pública, tal como o estado
>  do Paraná, a saber: Venezuela e Equador. E abrir conversas com
>  Paraguai, Argentina, Uruguai.

(continuando sobre 6 e 7, combinando com 8)
Por que duplicar e fragmentar esforços se podemos utilizar
infra-estrutura existente oferecida em "territórios neutros" lá fora?

Consta que tem gente da administração pública brasileira contribuindo,
ou pelo menos se preparando para contribuir, para a manutenção do
Savannah, por exemplo, com intenção inclusive de hospedar lá Software
Livre originalmente Made in Brasil.  Em minha opinião, é um exemplo a
ser seguido, e só não dou nome aos bois porque não tenho certeza se os
planos e as negociações já foram concluídas e anunciadas.

E não é só porque é o Savannah mantido pelo projeto GNU, mas porque
comunidade internacional é comunidade internacional.  Não fica bem
buscar cooperação internacional mantendo o software só num, vamos
dizer, .gov.br, com site, licença e software todos em português do
Brasil (não estou me referindo a nenhum site ou projeto em particular,
vale dizer).

Eu até entendo e até certo ponto apóio o querer promover o que é
"nosso", mas os outros potenciais contribuidores da comunidade
internacional também iam querer promover o que é "deles".  E aí?


Agora, deixa eu entender uma coisa.  Acho que entendo 'agenda' com um
significado diferente do que você usou aqui.  Pra mim, 'agenda' tem a
ver com planos para o futuro, estratégias, interesses, etc; pouco tem
a ver com o que já temos ou conquistamos.  Estou entendendo errado o
que você quer dizer, ou você estava implicitamente (demais IMHO)
sugerindo alguma coisa para o futuro enquanto apresentava questões
passadas ou presentes?

Abraço,

-- 
Alexandre Oliva         http://www.lsd.ic.unicamp.br/~oliva/
Free Software Evangelist  [EMAIL PROTECTED], gnu.org}
FSFLA Board Member       ¡Sé Libre! => http://www.fsfla.org/
Red Hat Compiler Engineer   [EMAIL PROTECTED], gcc.gnu.org}
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a